Colopatia funcional

Novembro 2017


Definição

a colopatia funcional é uma patologia que afeta o cólon e que causa transtornos digestivos. Essa patologia é caracterizada por dores abdominais associadas a:
  • Ou dores abdominais ou diarreias;
  • Ou dores abdominais e uma constipação;
  • Ou transtornos abdominais associados às vezes à diarreias e a uma constipação;
  • Frequentemente uma amenização na emissão das fezes.

Em torno de 8% da população ocidental sofre de colopatia funcional, em particular a população feminina. A colopatia funcional é muito próxima da síndrome do cólon irritável, e essas duas patologias são provavelmente intrínsecas.

Manifestações

os sintomas da colopatia funcional afetam o conjunto do aparelho digestivo e podem portanto afetar também o estômago e intestino delgado além do cólon propriamente dito. Em casos de colopatia funcional encontramos:
  • Um inchaço (sensação de barriga estufada);
  • Fezes mais líquidas e/ou mais frequentes (mais de 3 por dia) (diarreia);
  • Fezes mais duras ou menos frequentes: em torno de 3 dias sem ir ao banheiro (constipação);
  • Uma alternância entre diarreia e constipação;
  • Uma amenização das dores abdominais após a defecação.

Diagnóstico

o diagnóstico da colopatia funcional se faz geralmente por eliminação. É no entanto possível fazer o diagnóstico quando encontramos ao menos dois dos critérios seguintes durante pelo menos 3 meses (não obrigatoriamente consecutivos) sobre um ano:
  • Dores abdominais amenizadas pela defecação;
  • Modificação da consistência das fezes no início dos períodos dolorosos;
  • Modificação da frequência das fezes no início dos períodos dolorosos.

Um inchaço objetivo, uma sensação de evacuação incompleta ou esforços para defecar reforçam os critérios diagnosticados.

Tratamento

Algumas mudanças na dieta do paciente com colopatia funcional devem ser feitas. Entre elas, deve-se evitar o consumo de alimentos fermentáveis (repolho, por exemplo), que provocam uma superprodução de gases. Por outro lado, o paciente deve aumentar a ingestão de alimentos ricos em fibras e hidratar-se de maneira adequada para diminuir os riscos de prisão de ventre. Em caso de dores, o uso de medicamentos antiespasmódicos pode ser prescrito.

Prevenção

a colopatia funcional não tendo fatores claramente identificados faz da sua prevenção uma dificuldade para tratar.

Veja também

Publicado por asevere. Última modificação: 24 de novembro de 2016 às 12:36 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Colopatia funcional', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.