Fertilidade - Definição

Novembro 2017


Definição de fertilidade

A fertilidade é a aptidão de se reproduzir. A fertilidade feminina implica na presença de órgãos sexuais sem anomalia: um útero, trompas e ovários funcionais, ausência de anomalia hormonal com ciclos menstruais aparentes. No homem, a fertilidade implica na produção de espermatozoides em quantidade e qualidade suficiente e a capacidade de ejaculação. A fertilidade é multifatorial e é mais ou menos influenciada pelo estado psicológico, a qualidade de vida, a boa saúde em geral, a alimentação ou o uso de medicamentos.

É por isso que não dizemos, a não ser raramente, em fertilidade para um indivíduo, mas de fertilidade do casal. Dizemos infertilidade quando um casal que faz tentativas frequentes não consegue obter a gravidez. O tempo médio para engravidar é de 4 meses, mas pode ser bem maior. Um exame de infertilidade pode ser realizado depois de 18 a 24 meses de tentativas regulares sem que se engravide. Nesse caso, exames complementares são necessários. A infertilidade é diferente da esterilidade, que é a impossibilidade de que uma pessoa procrie.

Veja também

Publicado por asevere. Última modificação: 24 de fevereiro de 2017 às 08:41 por Pedro.Saude.
Este documento, intitulado 'Fertilidade - Definição', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.