Taquicardia atrial - Definição

Novembro 2017


Definição de taquicardia atrial

A taquicardia atrial é um problema do ritmo cardíaco. Essa patologia é descoberta por um eletrocardiograma de maneira acidental, quando o paciente está se queixando de sensações de palpitações rápidas. Essa doença é causada por um problema do comando da contração dos átrios e uma descarga elétrica onde o circuito é desregulado. Ela se apresenta como uma taquicardia ventricular de 150 batimentos por minuto sem nenhuma pausa, com um aspecto típico e facilmente reconhecível em um eletrocardiograma.

O tratamento é inicialmente feito pela prevenção da principal complicação da taquicardia, que é a possibilidade de surgir uma embolia, migração de um coágulo de sangue que bloqueia um vaso sanguíneo, podendo ser responsável por um acidente vascular cerebral. O tratamento anticoagulante é apenas provisório, pois uma técnica permite curar a taquicardia: uma ablação por radiofrequência, equivalente a uma queimadura, no circuito defeituoso.

Veja também

Publicado por asevere. Última modificação: 23 de novembro de 2015 às 11:05 por Pedro.Saude.
Este documento, intitulado 'Taquicardia atrial - Definição', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.