INR elevado - Definição

Abril 2017


Definição de INR elevado

INR significa Proporção Normalizada Internacional e exprime a relação entre o tempo de protrombina da pessoa. Esse tempo de protrombina é um teste para identificar a qualidade da coagulação do sangue em resposta a vários fatores, sendo a protrombina a principal. A protrombina é sintetizada pelo fígado, sob o controlo da vitamina K. Assim, a vitamina K é usada como um tratamento coagulante para diminuir o fluxo de sangue.

O INR permite determinar a eficácia da terapia anticoagulante como antagonista da vitamina K (AVK). Sua medição, por conta disso, não costuma ser feita em pacientes fora de tratamento, entre os quais o valor de INR é 1. Geralmente, a taxa desejada do INR é ajustada com uso de medicamentos para estar compreendida entre 2 e 3, especialmente na prevenção de doenças tromboembólicas como fibrilação atrial, ou entre 3 e 4, no caso de pacientes com alto risco de receber uma válvula cardíaca. Se o tratamento sofrer algum desequilíbrio, o INR pode subir para acima de 4 e levar ao risco de hemorragia.

Dependendo da taxa de INR e da presença ou ausência de sinais, o tratamento pode variar desde um simples ajuste de dose para uma terapia com antagonistas de vitamina K, administrados numa situação de emergência.

Veja também

Publicado por asevere. Última modificação: 1 de março de 2017 às 14:37 por Pedro.Saude.
Este documento, intitulado 'INR elevado - Definição', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.