Doença de Horton - Definição

Novembro 2017


Definição de doença de Horton

A doença de Horton é um problema inflamatório dos vasos sanguíneos, mais comum nas pessoas com mais de 50 anos. A inflamação se localiza nos ramos da artéria carótida externa, especialmente a artéria temporal. Os sintomas mais comuns da doença são febre moderada, emagrecimento, fadiga, dor de cabeça severa em uma das regiões da têmpora, dores para mastigar e sensibilidade exagerada no couro cabeludo.

Em um exame, a área das artérias temporais fica por vezes quente e vermelha com uma diminuição dos pelos. A doença de Horton pode causar cegueira em casos avançados. Um exame de sangue mostrará inflamação importante na região. Em caso de dúvida, uma biópsia da artéria temporal pode ser feita, O tratamento consiste em corticoterapia com doses decrescentes.
Publicado por asevere. Última modificação: 4 de janeiro de 2016 às 13:43 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Doença de Horton - Definição', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.