Meningite fulminante - Definição

Novembro 2017


Definição de meningite fulminante

A meningite é uma inflamação das meninges, as três membranas que cobrem o conjunto do sistema nervoso central, o cérebro e a medula espinhal. Na sua forma mais grave, ela é qualificada como meningite fulminante e pode ser mortal. Neste caso, a inflamação é de origem bacteriana e o germe em questão é majoritariamente o meningococo.

O quadro é tipicamente o de uma jovem criança, que apresenta sinais clínicos como dores de cabeça, forte febre, nuca rígida e dolorosa, dificuldade para suportar a luz (fotofobia) ou os sons (fonofobia). Rapidamente podem aparecer sobre a pela púrpuras de rápida instalação, caracterizadas por placas vermelhas escuras que não desaparecem quando é exercida pressão sobre elas.

Neste caso, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU, número 192) deve ser contactado para dar início a um tratamento de urgência baseado em antibióticos. A meningite fulminante pode ser mortal, mas se identificada cedo, é possível a cura sem sequelas.
Artigo original publicado por Carlos-vialfa. Tradução feita por asevere. Última modificação: 8 de março de 2016 às 22:56 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Meningite fulminante - Definição', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.