Monócitos altos - Definição

Abril 2017


Definição de monócitos altos

Os monócitos são grandes glóbulos brancos que têm a função de destruir certos tipos de vírus e bactérias para proteger o organismo contra o desenvolvimento de uma infecção. Uma taxa de monócitos alta, também conhecida pelo termo monocitose, indica que os monócitos se multiplicaram para combater uma doença infecciosa. Uma elevação dos monócitos é geralmente transitória no quadro de infecções agudas como a mononucleose infecciosa, mas pode também ser duradoura em certas patologias crônicas como alguns tipos de câncer, doenças inflamatórias ou leucemia, doença da medula óssea, estrutura que produz os monócitos.

Veja também

Artigo original publicado por . Tradução feita por asevere. Última modificação: 1 de março de 2017 às 14:35 por Pedro.Saude.
Este documento, intitulado 'Monócitos altos - Definição', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.