Vírus da herpes

Novembro 2017

O vírus da herpes simplex é um vírus que apresenta dois tipos: o tipo 1, ou HSV1, muito comum e correspondendo geralmente à herpes bucal, e o tipo 2, ou HSV2, que é mais comum nos casos de herpes genital. Esse vírus é frequentemente encontrado no colo do útero, vulva, uretra, pênis, ânus e boca. Sua transmissão se dá entre humanos, pelo contato entre duas mucosas ou pele e mucosa. Uma vez no exterior do organismo o vírus é frágil. Após uma primeira infecção causada pelo vírus, ele continua latente no organismo e pode, no caso de infecção ou estresse, reaparecer em outras formas.


Sintomas da herpes

A primeira infecção pela herpes tipo 1 passa geralmente despercebida. Ela afeta geralmente crianças pequenas da seguinte maneira e apresenta sintomas como febre, dores, transtornos de alimentação. Depois, surgem manchas acinzentadas de borda esbranquiçada sobre as gengivas ou o interior da boca chamada de gengivoestomatite herpética. Também provoca mau hálito.

Em outros casos, essa infecção inicial se manifesta de forma estritamente cutânea ou afeta o olho com manchas sobre as pálpebras, ou ainda na forma de uma angina.


Na sequência das infecções, o vírus, já latente no organismo, pode reaparecer sob forma de herpes labial, herpes nasal ou estomatite hepática. A herpes não é grave numa pessoa com boa saúde, mas pode causar problemas em imunodeprimidos (baixa imunidade) ou recém-nascidos pela transmissão maternal com formas neurológicas e generalizadas.

Diagnóstico da herpes

O diagnóstico da herpes simples tipo 1 é geralmente clínico. Em alguns casos, podemos recorrer a uma cultura sobre amostra, uma sorologia ou uma PCR (sobre amostra sanguínea) para detectar a doença.

Tratamento da herpes

Nenhum tratamento médico permite eliminar o vírus da herpes simplex tipo 1 de maneira definitiva. Existem tratamentos que reduzem os sintomas e amenizam as dores no quadro da primeira infecção como o aciclovir. Nas recorrências em uma pessoas de idade, nenhum tratamento é previsto e as lesões desaparecem espontaneamente.

Prevenção da herpes

Para prevenir a herpes simplex tipo 1, é necessário evitar todo contato íntimo com pessoas que tenham a infecção ou garantir usar preservativos nestas relações sexuais.
Publicado por asevere. Última modificação: 4 de março de 2016 às 13:30 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Vírus da herpes', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.