Histeria

Novembro 2017


Definição

a histeria é uma neurose, problema psiquiátrico que se caracteriza por transtornos de comportamento, onde o conflito psíquico se manifesta por sinais físicos, fobias e crises emocionais. A histeria de conversão é uma variação. Ela surge geralmente após mudanças psicoafetivas. A conversão de acordo com Freud é definida pelo fato de transformar um conflito psíquico em sintomas físicos. Falamos também de transtornos de conversão mais do que a histeria de conversão.

Manifestações

a histeria de conversão de manifesta da maneira seguinte:
  • Uma bola na garganta;
  • Transtornos visuais;
  • Palpitações;
  • Dores;
  • Transtornos da sensibilidade ou até paralisias;
  • Problemas sensoriais;
  • Imobilização do corpo;
  • Perda parcial ou total da capacidade de andar;
  • Fraqueza muscular

Esses sintomas em geral são crônicos. Em paralelo, sintomas pontuais e muito incômodos podem surgir como crises parecendo crises de epilepsia, desmaios ou fraquezas, ataques de pânico. Eles aparecem geralmente em público.

Diagnóstico

Para fazer um diagnóstico, o psicanalista se refere não apenas aos sinais físicos, mas também e sobretudo ao modo de surgimento desses sinais. A subjetividade disso e a ausência de descoberta por um exame clínico ou até exames complementares de patologia podem explicar seus problemas, associados a uma personalidade histriônica evocam fortemente o diagnóstico. A histriônica é uma apresentação teatral, egocêntrica, ama agradar e seduzir, ser amada ou apreciada, é frágil emocionalmente e intolerante à frustração.

Tratamento

o tratamento da histeria de conversão de faz através de uma relação terapêutica estável, regular e asseguradora. Um cuidado psicoterapêutico é necessário.

Veja também

Publicado por asevere. Última modificação: 16 de dezembro de 2014 às 14:48 por asevere.
Este documento, intitulado 'Histeria', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.