Infiltração no joelho

Novembro 2017


Definição

a infiltração é uma técnica utilizada para injetar um líquido no organismo como um tecido ou uma articulação. A infiltração no joelho utiliza a injeção de produtos à base de corticoides realizada diretamente na articulação. O objetivo é de colocar o medicamento diretamente em contato com a zona a ser tratada. Esse tipo de tratamento é geralmente muito eficaz em algumas patologias articulares e é grandemente empregada em medicina esportiva, onde os traumatismos e as inflamações do joelho são moeda corrente. Essa medicação é igualmente utilizada em algumas patologias inflamatórias como a poliartrite, as patologias afetando os meniscos ou a cartilagem. Injeções chamadas de visco-suplementação são igualmente realizadas às vezes no quadro de dores ligadas à artrose.

Princípio: A injeção de corticoides permite acalmar de maneira rápida as dores causadas pela inflamação da articulação do joelho. A injeção não terá necessidade se ser repetida regularmente graças aos pequenos cristais que o medicamento injetado contém. Esses vão progressivamente se diluir ao longo da semana durante os gestos, o que permite uma ação prolongada. Enquanto isso, se forem mal injetados, esses cristais podem ser fonte de dores durante 1 ou 2 dias. Somos portanto obrigados a tomar anti-inflamatórios enquanto essa reação se acalma e que a injeção faça efeito. Os efeitos dessas injeções são ainda assim transitórios e as dores não cedem geralmente por várias semanas.

Desenvolvimento da infiltração: a infiltração é realizada de diferentes maneiras de acordo com a área a ser tratada. Em todos os casos, começamos pela desinfecção da área. O médico vai em seguida instalar uma agulha sobre uma seringa que será inserida no joelho e o médico injeta o produto. Se o gesto for bem efetuado, ela é apenas levemente dolorosa. Um pequeno curativo é também colocado e será mantido por algumas horas.


Efeitos colaterais:
Mesmo que relativamente raros, os efeitos colaterais existem. Podem se tratar de:
  • Um mal estar vagal: transpiração abundante, queda de pressão, sensação de vertigem, palpitações;
  • Um flush (vermelhidão do rosto e ondas de calor acompanhadas de dores de cabeça);
  • Uma infecção (o efeito colateral mais perigoso, mas também o mais raro).

Veja também

Publicado por asevere. Última modificação: 16 de dezembro de 2014 às 14:48 por asevere.
Este documento, intitulado 'Infiltração no joelho', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.