Eletroencefalograma - Definição

Novembro 2017


Definição de eletroencefalograma

O eletroencefalograma, ou EEG, é um exame indolor que permite medir a atividade elétrica do cérebro. Ele é realizado com a ajuda de elétrodos, colocados sobre o couro cabeludo registrando as variações de potenciais elétricos dos neurônios que traduzem a atividade cerebral. Essa atividade é retranscrita por um aparelho sobre um traço gráfico, que pode ser interpretado por um neurologista. O EEG é praticado quando suspeitamos de alguns problemas neurológicos como a epilepsia, encefalites, patologias infecciosas ou inflamatórias do cérebro, mas também transtornos de sono. Nesse último caso, o EEG é feito durante uma hospitalização onde o paciente passa a noite no hospital, equipado com elétrodos. O eletroencefalograma pode também ser utilizado para confirmar o estado de morte, chamado de morte encefálica: o EEG mostra um traço perfeitamente reto.
Artigo original publicado por DRA. MARNET. Tradução feita por asevere. Última modificação: 31 de outubro de 2017 às 15:33 por Natali_CCM.
Este documento, intitulado 'Eletroencefalograma - Definição', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.