Algodistrofia do joelho

Novembro 2017


Definição

A algodistrofia ou algoneurodistrofia do joelho é caracterizada por dores e um enrijecimento profundo do joelho, causando uma dificuldade ou até uma impossibilidade de se mexer sem dor. Geralmente ela segue um traumatismo (seja grande ou pequeno) ou uma intervenção cirúrgica no joelho.

Manifestações

Classicamente a algodistrofia do joelho aparece após um traumatismo local como uma entorse, uma fratura, uma luxação ou qualquer outra contusão na região. Ela pode igualmente surgir após a colocação de um gesso para imobilizar o joelho. O joelho se enrijece portanto progressivamente e se torna difícil de articular. Não é mais possível dobrá-lo, e as dores de tornam o apoio muito difícil ou até impossível de suportar. Quente e inchado no início, o joelho vai progressivamente se tornando particularmente frio e esbranquiçado.

Diagnóstico

O diagnóstico da algodistrofia do joelho não é feito, pois essa síndrome é muito rara. Ela não apresente, por exemplo, nenhum sinal específico. Em alguns casos, o recurso a uma radiografia do joelho ou cintilografia óssea pode ser interessante e mostrar a ausência de uma desmineralização óssea, e a ausência de outro transtorno podendo ser a origem dos sinais clínicos. É um conjunto de elementos (sintomas, imagem radio, evolução lenta, impotência...), mas que, pouco a pouco, podem evocar a algoneurodistrofia.

Tratamento

O tratamento da algoneurodistrofia do joelho é antes de tudo sintomático: ele consiste em melhorar as dores. Isso requer que o paciente não se apoie sobre o joelho dolorido até que as dores se acalmem. Em paralelo, analgésicos são dados. Em seguida, procede-se a tratamentos físicos como massagens, fisioterapia, hidroterapia, osteopatia...

Prevenção

A algoneurodistrofia é uma síndrome que não é de forma alguma previsível. A ignoramos hoje em dia porque ela aparece em algumas pessoas e não em outras. Ela tem a tendência de se reabsorver espontaneamente nos dois anos que seguem a sua aparição, mas será de resolução mais rápida se ela for diagnosticada e tratada precocemente. Geralmente ela não deixa nenhuma sequela. Por outro lado, se ela durar mais de dois anos possui a tendência a deixar um enrijecimento no joelho.
Publicado por asevere. Última modificação: 16 de dezembro de 2014 às 14:47 por asevere.
Este documento, intitulado 'Algodistrofia do joelho', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.