Câncer dos testículos

Novembro 2017


Definição

o câncer dos testículos é relativamente raro pois ele não representa sequer 1% do conjunto dos cânceres (2% dos cânceres nas crianças). Ele possui no entanto uma tendência a se tornar cada vez mais comum nos países ocidentais e afeta principalmente os homens entre 15 e 35 anos. Ele afeta geralmente apenas um dos dois testículos, e pode se apresentar em duas formas distintas: os seminomas e os cânceres não seminomatosos de pior prognóstico e que afeta principalmente o testículo esquerdo.

Manifestações

o câncer dos testículos se manifesta por um aumento do volume de um dos dois testículos. A massa na origem deste inchaço é indolor. Geralmente, ela causa um aumento de tamanho do testículo e mais raramente, uma dor na virilha ou até no abdômen. Sentir uma sensação de pesar ou de incômodo nas bolsas é pouco frequente, mas pode surgir. Em caso de cânceres associados, encontramos outros sintomas (dores ósseas, inchaços dos gânglios, tosse em caso de câncer de pulmão...).

Diagnóstico

o diagnóstico do câncer dos testículos é geralmente por acaso. Ele ocorre em função de um exame a princípio sem ligação (teste de fertilidade por exemplo) ou é descoberto pelo paciente ele mesmo. Quando suspeitamos de tal problema, é necessário consultar o médico que verificará os antecedentes familiares e realizará um exame completo do paciente. Ele pedirá igualmente análises sanguíneas e, para completar o diagnóstico, um ultrassom do escroto. A biopsia permite estabelecer o diagnóstico do câncer dos testículos com certeza.

Tratamento

a primeira parte do tratamento do câncer dos testículos consiste em uma retirada do testículo cancerígena. É recomendado colocar no lugar uma prótese para sustentar psicologicamente o paciente. A intervenção cirúrgica pode às vezes ser acompanhada de uma radioterapia, de uma quimioterapia ou uma associação dos dois. Em outros casos, a cirurgia apenas é suficiente. Tudo depende do estado evolutivo do tumor e do estado de saúde geral do paciente durante o seu tratamento.

Prevenção

Enquanto ele for limitado, a prevenção do câncer dos testículos é possível. Ela consiste em realizar um exame mensal dos seus testículos pelo próprio paciente, principalmente após um banho ou ducha quentes, quando as bolsas estão mais maleáveis. Se colocando diante de um espelho, o paciente deve apalpar levemente seus testículos fazendo-os rolar entre o dedo polegar e indicador procurando uma massa anormal. Se tudo estiver bem, os testículos devem ser lisos e de forma ovoide.
Publicado por asevere. Última modificação: 16 de dezembro de 2014 às 14:48 por asevere.
Este documento, intitulado 'Câncer dos testículos', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.