Ilhotas de Langerhans - Definição

Fevereiro 2018


Definição de ilhotas de Langerhans

Também chamadas de ilhotas pancreáticas, as ilhotas de Langerhans tiram o seu nome do biólogo Paul Langerhans, que as descobriu. Elas são compostas de células endócrinas situadas no pâncreas. Elas possuem como função sintetizar os hormônios como o glucagon, a somatostatina, a polipeptídeo pancreático e insulina. Implantadas nas cavidades epiteliais do pâncreas, as ilhotas de Langerhans não representam mais de 2% da massa desse órgão. Algumas doenças como diabetes de tipo 1, apresentam uma taxa de produção de insulina insuficiente, podendo beneficiar, sob condição, de um transplante das Ilhotas de Langerhans.
Artigo original publicado por Jeff. Tradução feita por asevere. Última modificação: 31 de janeiro de 2018 às 14:57 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Ilhotas de Langerhans - Definição', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.
IGF-1 - Definição
Imunidade humoral - Definição