Orgasmo vaginal e clitoriano

Novembro 2017

A grande maioria das mulheres alcança facilmente o orgasmo clitoriano. Uma pequena parte delas também chega ao orgasmo pela estimulação da vagina. Para muitos especialistas, a separação entre orgasmo clitoriano e vaginal parece cada vez mais algo abstrato e superado. Outros, no entanto, mantém a afirmação de que há diferenças fundamentais entre as duas formas.


O clitóris e o prazer feminino

O órgão do prazer sexual feminino é o clitóris. A maioria das mulheres é clitoriana, ou seja, alcança o orgasmo através da estimulação do clitóris. No entanto, nem todas as mulheres experimentam essa sensação ao longo da vida. Algumas mulheres jamais terão um orgasmo, outras apenas tardiamente e outras de forma muito excepcional.

Orgasmo vaginal realmente existe

Sim, ele existe, mas é bastante raro. Em geral, a vagina não é um órgão de prazer. Uma pequena quantidade de mulheres conhece o orgasmo vaginal se seu clitóris for estimulado ao mesmo tempo. Um orgasmo vaginal pode, de maneira ainda mais rara, ser disparado pela estimulação apenas da vagina.

Diferenças entre orgasmo clitoriano e orgasmo vaginal

A principal e mais evidente diferença entre o orgasmo clitoriano e o vaginal é o local de geração do prazer. O primeiro se dá no clitóris enquanto o segundo ocorre a partir de estimulação da vagina. Esta característica elementar é o que provoca a segunda e principal diferença entre eles. Enquanto o clitóris é uma estrutura externa, com localização definida e de fácil acesso ao parceiro, o orgasmo vaginal só acontece a partir da estimulação de pontos específicos do canal vaginal, de acesso mais complicado e que podem variar de um dia para o outro ou mesmo depender da posição sexual escolhida.

Mulheres que ejaculam

São mulheres que, durante o orgasmo, liberam uma quantidade considerável de líquido. O termo ejaculação é empregado para descrever essa situação que gera muito prazer à mulher. No momento do orgasmo, o líquido sai em forma de jato pelas vias urinárias. Apesar disso, ele não se confunde com a urina nem pode ocorrer de a mulher urinar durante o orgasmo. Em casos em que a quantidade de líquido expelido é considerável, é possível até mesmo perceber o encharcamento de colchas e travesseiros.

Foto: © Artem Furman - Shutterstock.com

Veja também

Publicado por Pedro.CCM. Última modificação: 14 de março de 2017 às 13:43 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Orgasmo vaginal e clitoriano', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.