Rejuvenescimento da pele com ácido hialurônico

Agosto 2017

No ramo do rejuvenescimento facial, os procedimentos químicos e cirúrgicos perdem cada vez mais espaço. Técnicas menos invasivas e mais delicadas vêm ganhando terreno nos últimos anos.


Importância do ácido hialurônico

Os bisturis vão ser aposentados? Ainda não, mas as técnicas menos invasivas, como o uso de ácido hialurônico, já são largamente utilizadas como forma de promover o rejuvenescimento da pele. Grande avanço da última década, o ácido caminha para ultrapassar as injeções de colágeno na lista das mais pedidas dos consultórios de estética.

Benefícios do ácido hialurônico

Usado para reduzir rugas faciais e do pescoço, ele é menos alergênico e apresenta resultados melhores do que o colágeno.

Injeção de ácido hialurônico

O ácido hialurônico é administrado sobre a zona que o cirurgião pretende tratar. Ele traz resultados quase imediatos em rugas superficiais ou mais profundas. Porém, a injeção pode provocar rugosidade na região onde o ácido foi injetado, especialmente em pessoas com a pele mais fina. Essas rugas, no entanto, tendem a desaparecer nos dias seguintes.

Resultados do ácido hialurônico

Contudo, não imagine que você ficará livre das rugas definitivamente. O ácido hialurônico não impede a formação de novas rugosidades na pele. Para manter um rosto jovial, novas injeções são necessárias a cada seis ou dez meses.

Foto: © Ko - Shutterstock.com

Veja também

Publicado por Pedro.CCM. Última modificação: 7 de agosto de 2017 às 13:18 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Rejuvenescimento da pele com ácido hialurônico', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.