Gastroenterite aguda

Novembro 2017


Definição

a gastroenterite aguda, chamada familiarmente de gastro, é uma inflamação intestinal causada por uma infecção que afeta as mucosas presentes no estômago e intestino. Essa patologia é causada na maioria das vezes por um vírus, ou mais raramente por bactérias. O termo gastroenterite aguda é habitualmente utilizado para designar o problema viral. Muito contagiosa, a gastroenterite viral pode provocar verdadeiras epidemias, sobretudo no inverno, entre novembro e março. O vírus mais comumente em causa é o rotavírus e a evolução deste tipo de gastroenterite dura geralmente menos de uma semana, às vezes até 20 dias em caso de problema pelo adenovírus. A gastroenterite aguda afeta frequentemente a criança, e sua evolução espontânea se faz para a cura sem que nenhum tratamento seja necessário.

Manifestações

os sintomas da gastroenterite são:
  • Febres;
  • Fadiga;
  • Náuseas e vômitos;
  • Diarreia;
  • Dores abdominais.

Esses sinais não são necessariamente sempre presentes juntos, e algumas formas se verão sem febre, sem vômito ou sem diarreia. A evolução se faz geralmente sobre uma semana no máximo. Em caso de duração mais longa, outras causas além da origem viral devem ser procuradas.

Diagnóstico

a gastroenterite, levando em conta os sintomas físicos que ela causa, é diagnosticado facilmente, sobretudo em um contexto epidêmico. Nenhum exame é necessário diante de uma apresentação típica. Em caso de persistência por mais de uma semana ou diante de sintomas mal suportados, faremos um exame de sangue e exame de fezes, chamado coprocultura, que permitirá procurar uma eventual infecção bacteriana.

Tratamento

O tratamento da gastroenterite não demanda habitualmente mais do que repouso e nenhum medicamento. Quando os sintomas são muito incômodos, tratamentos podem enquanto isso serem prescritos, como antidiarreicos ou antieméticos para impedir os vômitos. Nas crianças, eles são prescritos com mais facilidade, pois o risco é o da desidratação por causa de perdas de água importantes que a doença pode causar. Nos menores, o peso deve ser controlado e se necessário soluções de reidratação oral serão dadas e deverão ser propostas sistematicamente, de diversas vezes durante o dia e em pequena quantidade às crianças pequenas para paliar essas perdas hídricas. Nos maiores, em caso de vômitos importantes durante a alimentação, é aconselhado retomar pouco a pouco as quantidades crescentes de água com açúcar antes de retomar progressivamente a alimentação.

Prevenção

a prevenção da gastroenterite viral é possível na medida onde ela se trata frequentemente de um surgimento por epidemia. Para isso, é necessário realizar gestos simples como lavar sistematicamente as mãos com água e sabão, após uma passagem pelos banheiros, ou depois de ter tido contato com uma pessoa afetada. Também é necessário lavar bem as frutas e legumes antes de consumi-los.

Veja também

Publicado por asevere. Última modificação: 16 de dezembro de 2014 às 14:48 por asevere.
Este documento, intitulado 'Gastroenterite aguda', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.