Como evitar as quedas em casa

Agosto 2017

As quedas representam um grande perigo para os idosos e o risco pode estar dentro de casa. Pesquisa do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into), do Rio de Janeiro, revelou que 65% dos casos de fraturas atendidos pelo hospital eram provenientes de quedas e metade dos tombos haviam ocorrido na residência do paciente.


Dados mundiais de quedas

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 424 mil pessoas morrem todos os anos por causa de problemas em decorrência de quedas. Além disso, o órgão das Nações Unidas avalia que de 30% a 60% da população acima de 60 anos leva ao menos um tombo por ano. Em metade desses casos, o acidentado sofre alguma lesão, que pode levar à invalidez e até mesmo à morte.

Causas das quedas de idosos

As quedas de idosos podem ser causadas por doenças que afetam a visão e a capacidade da pessoa de caminhar. Bengalas e andadores em mau estado de conservação também podem provocar problemas. No entanto, as armadilhas e inadequações da casa são o grande vilão dos tombos levados por quem já está na terceira idade. Ambientes escuros, escadas sem corrimão, banheiros sem adaptação e até animais de estimação são alguns dos perigos capazes de provocar quedas e graves danos à saúde do idoso.

Como evitar as quedas em casa

A melhor forma de prevenir as quedas de idosos dentro de casa é adaptando os cômodos para garantir a segurança do morador e evitar esforços desnecessários. Todas as recomendações fazem parte da campanha Quedas: Todo o Cuidado é Pouco, do Ministério da Saúde.

Mudanças na sala

Na sala, as principais mudanças recomendadas são a retirada dos tapetes, que podem prender o pé ao caminhar, dos fios e extensões do chão, que podem ocasionar tropeços, e de móveis baixos, que podem não ser vistos pelo idoso. O importante é deixar o caminho livre para a pessoa caminhar. Além disso, prefira sempre cadeiras e poltronas mais altas e com braços para facilitar o processo de sentar e levantar. Se houver escadas na casa, use sempre o corrimão e instale fitas antiderrapantes em todos os degraus, que não podem ser muito estreitos.

Mudanças no quarto

No quarto, a atenção maior tem que ser com a cama. Ajuste sua altura e use um colchão mais rígido. O objetivo é o mesmo das cadeiras e poltronas da sala: não criar problemas na hora de deitar e levantar. Armários não devem ser muito altos para não obrigar o idoso a subir em bancos ou escadas quando quiser guardar ou pegar algo. Mantenha o ambiente bem iluminado à noite e não hesite em acender a luz principal se precisar levantar durante o sono.

Mudanças no banheiro

No banheiro, é ideal a instalação de barras no chuveiro para que o idoso se segure. Um tapete antiderrapante também é uma medida interessante. Dependendo da mobilidade do idoso, pode-se também colocar uma cadeira plástica firme e resistente para que ele tome banho sentado. Por fim, o vaso sanitário deve ser alto e também com uma barra à frente ou ao lado para ajudá-lo na hora de levantar.

Cuidados também na rua

Se a maioria das quedas acontecem em casa, a rua também é um perigo para o idoso. Quando sair de casa sozinho, fique atento ao piso das calçadas e só atravesse na faixa de pedestres e quando os carros já estiverem parados. Se precisar, peça ajuda quando for subir o meio-fio ou ao sentir-se cansado. É crucial andar sempre com os telefones de filhos, netos ou algum parente anotados em um papel para que outras pessoas possam ligar em caso de um acidente mais sério.

Foto: © Sylvie Bouchard - 123RF.com

Veja também

Publicado por Pedro.CCM. Última modificação: 10 de agosto de 2017 às 16:27 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Como evitar as quedas em casa', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.