Como fazer o soro caseiro

Novembro 2017

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a diarreia ainda mata cerca de 3 milhões de crianças nos países em desenvolvimento devido à excessiva perda de água, minerais e potássio. A ingestão do soro caseiro é a forma mais rápida de reidratar o organismo e saber como prepará-lo na concentração correta é fundamental para não causar prejuízos à saúde da pessoa doente.


Eficácia do soro caseiro

O soro caseiro é uma fórmula simples de açúcar e sal dissolvidos em água. Essa mistura simula a mesma concentração de substâncias comuns nos líquidos corporais. Sua eficácia é alta caso tenha sido preparado nas concentrações corretas.

Desidratação e soro em bebês

Os sintomas da desidratação causada por diarreia são moleira funda, choro sem lágrima ou olhos e boca seca. Na presença de qualquer um dos sintomas, a administração do soro caseiro deve ser realizada. Para crianças que ainda tomam leite materno, a amamentação deve continuar.

Como preparar o soro caseiro

Atenção: um erro na concentração de sal e açúcar pode provocar convulsão numa criança desidratada. O Ministério da Saúde distribui gratuitamente a colher-padrão recomendada pela Unicef em postos de saúde e também um preparo especial, o SRO (OMS-1971) que já vem nas concentrações exatas e dispensa a necessidade de medições.

Adquira uma colher-padrão da Unicef, disponível em qualquer posto de saúde, para ter as medidas corretas. Antes de fazer o soro, é importante lavar as mãos para evitar contaminação por bactérias. Use um copo de água fervida ou filtrada para a preparação.


Prepare o soro dissolvendo duas medidas rasas de açúcar (medida maior da colher) e uma medida rasa (medida menor) de sal em um copo d'água. Dê pequenas colheradas desse soro ao doente, com calma para não provocar mais vômitos.

Soro caseiro sem a medida padrão

Caso você não tenha a medida padrão da Unicef à disposição, utilize o seguinte cálculo para preparar o soro caseiro. Para cada litro de água usado, adicione 20 gramas de açúcar e apenas 3,5 gramas de sal. Também é importante destacar que o soro caseiro não deve ser consumido após 24 horas que tenha sido preparado. Após esse período, se for preciso que o paciente tome mais soro, você deverá um novo.

Recomendações especiais do soro caseiro

O soro deve ser ministrado apenas para prevenir a desidratação ou quando ocorrerem os sintomas iniciais. Em casos mais graves, nos quais o vômito e a diarreia persistem, o paciente deve ser encaminhado imediatamente a um médico.

Foto: © Andrey Kuzmin - Shutterstock.com

Veja também

Publicado por luis.saude. Última modificação: 27 de setembro de 2017 às 10:05 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Como fazer o soro caseiro', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.