O álcool e o aumento de peso

Agosto 2017


Uma pesquisa realizada na Inglaterra com cerca de 2 mil pessoas mostrou que mais de 40% da população ignora a participação do álcool no ganho de peso. Segundo especialistas, as bebidas alcoólicas são muito calóricas e seu consumo pode provocar aumento de peso. Estudos científicos revelam que o álcool representa, em média, entre 4% e 6% do aporte energético dos regimes alimentares ocidentais. Cientistas e associações médicas defendem a inscrição do total de calorias no rótulo de cervejas e outras bebidas.

Total de calorias

Um grama de álcool representa 7 kcal. Em uma taça de vinho, o valor é de 100 kcal enquanto uma lata de cerveja tem 140 kcal. Já uma pequena dose de conhaque possui até 200 kcal. No entanto, a bebida mais calórica é o uísque. Um copo da bebida equivale a 380 calorias, o mesmo que um copo de 300 mililitros de milkshake.

Eliminação de gordura

Por não poder ser estocado no organismo, o álcool é eliminado muito rapidamente. Por queimar suas calorias de forma acelerada, o álcool acaba impedindo a queima e eliminação de gordura pelo corpo. Além disso, o consumo de álcool favorece o acúmulo de gordura corporal, principalmente na região abdominal, ocasionando a famosa 'barriga de chopp'. Por fim, o álcool também aumenta o apetite. Quanto mais se bebe, mais fome a pessoa sente.

Outros efeitos do álcool

Além de engordar, o álcool também é responsável por aumento da taxa de triglicerídeos, pressão arterial e do risco de doenças cardiovasculares e hepáticas. A bebida alcoólica também reduz a sensibilidade do indivíduo à insulina, gera carência de vitaminas e até problemas de ereção entre os homens.

Foto: © Cheers Group - Shutterstock.com

Veja também

Publicado por Pedro.CCM. Última modificação: 25 de julho de 2017 às 15:34 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'O álcool e o aumento de peso', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.