Cuidados na viagem de avião

Agosto 2017

No avião, a altitude, a diminuição da pressão atmosférica e fobia podem ser fontes de problemas de saúde, em geral suaves. Aqui estão algumas dicas para viajar de avião com as melhores condições.


Cuidados gerais no voo

Antes de tomar o avião, especialmente no caso de uma longa jornada, pessoas que sofrem de alguma doença considerada de risco para voos são aconselhadas a consultar o seu médico: grávidas, diabéticos, pessoas que sofrem de cinetose (também conhecida como mal de movimento), pessoas que têm fobia de voar ou com problemas de circulação. A bordo, não hesite em procurar a tripulação, treinada em primeiros socorros e habituada a gerir as possíveis questões de saúde dos passageiros.

Aliviar os desequilíbrios de ouvido no voo

A diminuição da pressão do ar pode causar distúrbios de equilíbrio no ouvido, o que resulta em sensação dolorosa, por vezes caracterizada por um forte zumbido. Esse sintoma ocorre normalmente durante a decolagem e o pouso. Você pode remediar a sensação bocejando, engolindo a saliva ou mastigando chiclete. Sempre que possível, é melhor não viajar quando se está gripado para evitar o agravamento dos sintomas.

Lutar contra o medo de voar

Pessoas que se estressam só de pensar na possibilidade de voar podem consultar um médico antes da viagem. Em alguns casos, o tratamento pode ser oferecido a longo prazo para superar o medo de voar: medicamentos (em pequenas doses) e/ou terapia cognitiva. Uma vez a bordo, recomenda-se que os passageiros ansiosos ocupem a sua mente lendo um livro ou assistindo a um filme, por exemplo. Praticar exercícios de relaxamento também ajuda a controlar a tensão durante o voo.

Evitar enjoos durante o voo

A cinetose ou mal de movimento pode se manifestar no avião com tonturas, náuseas e dores de cabeça. Escolha um lugar no centro do avião e incline seu assento até uma posição o mais horizontal possível para evitar estes problemas. Tomar um remédio de forma preventiva é possível, mas exige prescrição e aconselhamento médico.

Preservar a circulação sanguínea no voo

Um voo prolongado pode afetar a circulação sanguínea. Para evitar problemas, é aconselhável se levantar para caminhadas regulares (especialmente em longas viagens), de preferência usando vestuário e sapatos confortáveis e folgados e se hidratando antes e durante o voo.

Em pessoas em situação de risco, distúrbios da circulação podem ter consequências graves como trombose venosa, flebite e embolia. Pessoas com insuficiência venosa ou excesso de peso devem consultar seu médico antes de voar. Vestir meias de compressão durante o voo e fazer um tratamento preventivo pode ser necessário.

Foto: © gcpics - Shutterstock.com

Veja também

Publicado por Joana.Saude. Última modificação: 9 de agosto de 2017 às 15:29 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Cuidados na viagem de avião', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.