Otite barotraumática

Novembro 2017


Definição

a otite barotraumática (falamos igualmente de barotraumatismo) é um problema do tímpano no ouvido médio, causada por uma variação muito rápida no nível de pressão. Essa modificação muito rápida não deixa que a trompa auditiva equilibre a sua diferença de pressão. Os barotraumatismos se encontram por exemplo no quadro dos mergulhos submarinos, ou em alguns profissionais como os mergulhadores, da onde sua frequente presença na doença chamada de caixões.

Manifestações

a otite barotraumática se manifesta por diversos sintomas que podem ser mais ou menos graves. O paciente pode sentir dores no ouvido, ou às vezes vertigens. Um sangramento no ouvido pode aparecer. Geralmente, o paciente perde uma parte da sua audição ou até a totalidade em caso de barotraumatismo significativo, e pode apresentar zumbidos, espécies de apitos permanentes percebidos pelo cérebro quando esses sons não existem na realidade.

Diagnóstico

o diagnóstico da otite barotraumática é feito através de exame com otoscópio. Isso permite principalmente definir se a lesão é de estágio 1 (hiperhemia, vermelhidão exagerada do tímpano), de estágio 2 (retração do tímpano), de estágio 3 (inchaço seroso, líquido situado atrás do tímpano), de estágio 4 (hemotímpano, tímpano congestionado de sangue) ou de estágio 5 (ruptura do tímpano). Geralmente, o diagnóstico da otite barotraumática é confirmada sabendo-se a causa da lesão (mergulho, viagem em avião, explosão ou trabalho de risco são fáceis de encontrar).

Tratamento

na maioria dos casos, as otites barotraumáticas de estágio 1 e 2 se curam por conta própria em um ou dois dias, e não deixam nenhuma sequela. Em caso de dores particularmente marcadas, analgésicos podem ser prescritos e um acompanhamento médico é instaurado. Nos estágios avançados, sequelas podem surgir, e apenas a evolução do tempo permitirá ver a recuperação mais ou menos completa, ou a surdez que é causada.

Prevenção

diversas precauções permitem evitar de ter uma otite barotraumática. Em caso de mergulho submarino, é necessário evitar mergulhar quando estamos com uma gripe e respeitar os limites. Se uma dor surgir durante um mergulho, é necessário interromper a descida e subir, e se estabilizar na altura onde as dores forem menores. No avião, é aconselhado realizar a manobra de Valsalva em caso de sensação de ouvido entupido, que consiste em apertar o nariz com a boca fechada, e respirar no seu nariz para abrir a trompa auditiva e reequilibrar os tímpanos. É igualmente possível, no avião, de mastigar chicletes ou balas para favorecer o reequilíbrio.
Publicado por asevere. Última modificação: 16 de dezembro de 2014 às 14:48 por asevere.
Este documento, intitulado 'Otite barotraumática', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.