Cuidados com as lentes de contato

Dezembro 2017

As lentes de contato são pequenas lentes colocadas diretamente sobre os olhos, permitindo substituir os óculos para melhorar a visão. Embora as lentes de contato sejam usadas com segurança por milhões de pessoas todos os dias, elas apresentam risco de infecção ocular.


Fatores que contribuem para infecção

A melhor maneira de evitar infecções oculares é ter um cuidado adequado com as lentes de contato. Alguns fatores podem promover a infecção, entre eles estão: o uso prolongado de lentes de contato, pouca lacrimação sob a lente, fatores ambientais e a falta de higiene.


Você pode ajudar a prevenir a infecção usando uma solução estéril seca durante a limpeza das lentes, minimize o contato com a água enquanto estiver utilizando-as e substituía frequentemente o estojo de lentes.

Tipos de lentes

As lentes descartáveis diárias são as lentes de contato gelatinosas mais seguras quanto a redução do risco de infecção. Lentes rígidas gás permeáveis são mais seguras do que quaisquer outras lentes de contato gelatinosas alternativas. O seu médico pode ajudá-lo a decidir qual tipo de lente é melhor para você.

Cuidados com as lentes

As seguintes diretrizes para o cuidado no uso das lentes de contato têm sido desenvolvida por diversos órgãos internacionais, como a Academia Americana de Oftalmologia, a Associação de Lentes de Contato para Oftalmologistas, a Sociedade da Córnea e a Sociedade Americana de Catarata e Cirurgia Refrativa.


Antes de manusear as lentes de contato, lave as mãos com água e sabão, em seguida, enxague e seque com uma toalha que não solte fiapos.

Minimize o contato com a água, incluindo a remoção das lentes antes de entrar em uma piscina ou banheira de hidromassagem.

Lentes de contato não devem ser lavadas ou armazenadas na água (da torneira ou estéril). Não enxague suas lentes em sua boca: a saliva não é uma solução estéril.

Não use soluções salinas ou colírio umectante para desinfetar as lentes, pois eles não são desinfetantes eficazes ou aprovados.

Use e substitua as lentes de contato de acordo com o prazo fixado pelo seu oftalmologista.

Siga as instruções específicas para limpeza e armazenamento de lentes de contato dadas por seu oftalmologista e o fabricante da solução.

Ao limpar, esfregue as lentes de contato com os dedos. Em seguida, enxague as lentes com solução antes da imersão. Esta técnica de "lavar e esfregar" é considerada por alguns especialistas como um método mais apropriado de limpeza, embora a solução a ser utilizada recomende não esfregar.

Lave o estojo das lentes de contato com uma solução nova, não água. Em seguida, deixe o estojo vazia para que seque sozinho ao ar livre.

Mantenha seu estojo de lente limpo e substitua-o regularmente, pelo menos uma vez a cada três meses. Os kits podem ser uma fonte de contaminação e infecção. Não use estojos rachados ou danificados.

Uso da solução de limpeza das lentes de contato

Não reutilize a solução ou preencha o estojo de lente até o topo.


Não transfira uma solução de um estojo para outro, por exemplo, para um estojo de viagem menor: isso pode afetar a esterilidade da solução e levar a uma infecção ocular.

Não permita que a ponta do frasco da solução em contato com qualquer superfície, e mantenha o frasco bem fechado quando não estiver em uso.

Se você armazenar suas lentes no estojo por um longo tempo, consulte as instruções que vêm com lentes de contato ou com a solução para determinar se é necessário desinfetar as lentes antes de usar. Em nenhuma hipótese, você deve usar as lentes após um armazenamento de 30 dias ou mais, sem desinfetar novamente.

Alguns especialistas recomendam que, se você usar lentes de contato esporadicamente, deve considerar a possibilidade de usar lentes descartáveis diárias.

Foto: © Galina-Peshkova - 123RF.com
Publicado por Joana.Saude. Última modificação: 14 de outubro de 2017 às 08:32 por Natali_CCM.
Este documento, intitulado 'Cuidados com as lentes de contato ', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.
Complicações cirúrgicas do tabagismo
Otite média secretora: novo tratamento