Construindo a confiança dos filhos

Julho 2017

Pais sempre desejam estabelecer uma relação de confiança com seus filhos. Criar e depois conservar essa relação não é algo fácil e muitos momentos podem trazer inquietude para os responsáveis. Entenda a importância da confiança e como construí-la.


Qualidade da relação

A confiança é indispensável para que os pais tenham uma relação de qualidade com seus filhos. Na realidade, a confiança mútua entre pais e filhos facilita a compreensão dos problemas e até mesmo traz autoconhecimento aos pais. Tal relação também é importante por mostrar à criança que ela pode contar com seu pai em todas as circunstâncias.

Responsabilização

Ao criar uma relação de confiança mútua com seu filho, você mostra a ele suas responsabilidades e permite que a criança adquira seu lugar no mundo de maneira mais independente. Essa situação pode ser inquietante em diversas ocasiões, pois pode haver dificuldade por parte dos pais em emitir os sinais adequados de que tem confiança na criança e em suas decisões.

Estabeleça regras

O estabelecimento de regras de convivência entre pais e filhos é indispensável para a construção da confiança. Garanta que a criança terá totais condições de dizer o que pensa e exprimir seus problemas e questionamentos com liberdade. É essencial que essas regras sejam respeitadas por cada um dos membros da casa como forma de manter a confiança entre as partes.

Conte tudo e ouça a criança

Para que a confiança exista, é necessário honestidade. É dizendo as coisas que a confiança vai se estabelecer e isso vale para os dois lados. O fato de que seu filho divida tanto seus sucesso quanto seus fracassos é indicação clara de que ele confia integralmente em você e dá valor para a sua preocupação com ele. Da mesma forma, é importante compartilhar com seus filhos os elementos de sua vida cotidiana: o cansaço depois do trabalho, as vitórias alcançadas durante o dia, o planejamento de viagens. Tudo ajuda na construção da confiança.

Não decida por antecipação

Tomar decisões e fazer escolhas pelas crianças sem ter todas as informações à sua disposição pode colocar em risco a relação de confiança com seu filho. Dê sempre espaço para que a criança conte a sua versão dos fatos e defenda seus argumentos antes de tomar qualquer decisão que afete a vida dele e também a sua.

Confiança é uma construção

Não perca essa dimensão de vista nunca: a confiança é construída ao longo do tempo. Ela é o resultado de uma soma de pequenos gestos que partem dos dois lados. Além disso, lembre-se que a confiança não é jamais definitiva, ela se constrói e é reforçada no dia a dia, podendo também desmoronar após uma sucessão de mentiras e tropeços.

Muitas vezes esperamos muitos dos nossos filhos, mas eles, como qualquer um, não são perfeitos. Erros são naturais e irão acontecer. Isso, no entanto, não deve impedir que você confie cada vez mais na criança e lhe dê espaço para progredir e mostrar seu valor. Por fim, saiba que a confiança gera um ciclo virtuoso. Quanto mais sólida ela é, mais útil será nos momentos de dificuldade. A confiança é um bem precioso e frágil. Cultive-a todos os dias.

Foto: © Andresr - Shutterstock.com

Veja também

Publicado por Pedro.Saude. Última modificação: 29 de maio de 2017 às 15:20 por Natali.Saude.
Este documento, intitulado 'Construindo a confiança dos filhos', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.