Zumbido no ouvido: causas, sintomas e tratamento

Novembro 2017

O zumbido é um transtorno auditivo que se manifesta pela percepção de um ruído. O doente ouve sons desagradáveis que não vêm do seu ambiente.


Causas do zumbido no ouvido

Esta doença está associada a uma disfunção do sistema nervoso auditivo. Ela afeta de 10% a 18% da população e pode ser causada pela exposição repetida a sons de nível de ruído elevado.

Sintomas do zumbido no ouvido

O zumbido pode ser percebido em um ou ambos os ouvidos, sendo que a sensação, intermitente ou permanente, às vezes é difusa. Por exemplo, pode ser sentida na parte da frente ou de trás da cabeça. Por estas razões, o zumbido pode ser mais ou menos incapacitante. Os homens são mais afetados do que as mulheres.

Dois tipos de zumbido

Zumbido objetivo

Os chamados zumbidos objetivos são minoria. Eles são geralmente causados por problemas específicos (por exemplo, movimentos anormais dos músculos da orelha) e também podem ser percebidos pelo médico durante a consulta.

Zumbido subjetivo

Os chamados zumbidos subjetivos são mais frequentes - cerca de 95% dos casos. Eles são percebidos somente pelo paciente e sua origem é particularmente difícil de determinar.

Sintomas típicos

Os ruídos mais frequentemente descritos são pulsações, assobios ou estalos. Estes sintomas são acompanhados de perda auditiva, hiperacusia (diminuição da tolerância ao ruído de intensidade normal) e insônia.

Tratamento

Em alguns casos, o zumbido é associado a uma doença (otite, doença de Paget, síndrome de Ménière) ou certos medicamentos. Nestes casos, é possível reduzir ou mesmo eliminar a desordem. Entretanto, na maioria dos casos, a causa não é claramente identificada.

O tratamento é feito sob medida para cada caso individual e é baseado em várias técnicas terapêuticas. Entre elas, tomar certos medicamentos antidepressivos ou ansiolíticos, mascarar o zumbido com gerador de ruído branco, ou seja, um dispositivo que transmite um som comparável ao de uma TV desregulada ou som da chuva, terapia de habituação acústica (TAH), através da qual o paciente aprende a tolerar o ruído indesejado e terapia comportamental cognitiva (técnicas de relaxamento).

Viver com o zumbido

Ligar o rádio à procura de um ruído branco (por exemplo, a zona entre duas frequências) pode tornar o zumbido mais suportável, assim como repetir uma música de relaxamento em volume baixo ou colocar um relógio analógico sobre a cabeceira da cama para escutar bem o "tic-tac" do ponteiro ajuda parcialmente o cobrir o zumbido.


Foto: © Dora Zett - Shutterstock.com
Publicado por Joana.Saude. Última modificação: 19 de outubro de 2017 às 13:45 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Zumbido no ouvido: causas, sintomas e tratamento', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.