Causas da pleurisia

Novembro 2017

A pleurisia é a inflamação da pleura. Antigamente, este problema afetava adultos mais velhos, mas hoje o número de casos entre os jovens aumenta principalmente como resultado de infecções respiratórias mal tratadas ou por fumar numa idade precoce.


Anatomia da pleurisia

A pleura é a membrana que cobre os pulmões e é constituída por mucosas: uma que cobre a cavidade torácica e a outra que cobre cada pulmão. Ambas são formadas por duas folhas entre as quais se encontra um líquido adesivo e lubrificante chamado líquido pleural, que facilita o seu movimento durante a respiração.

Quando a pleura se inflama (pleurisia), a superfície de contato se torna áspera e o deslizamento de uma folha pleural sobre a outra a cada respiração se torna doloroso. Em alguns casos de pleurisia, se produz uma quantidade excessiva de fluidos na cavidade pleural, complicação conhecida como derrame pleural, que é perigosa e requer a remoção do líquido. As principais causas de pleurisia são complicações, maus cuidados ou negligência nas infecções das vias aéreas abaixo mencionadas.

Gripe

É uma infecção muito comum das vias respiratórias e da garganta causada por vírus. É caracterizada por coriza, tosse, dor de garganta, espirros, febre e/ou dor nas articulações.

Asma

A asma é uma doença crônica caracterizada pela obstrução dos brônquios, os tubos que transportam o ar para os pulmões.

Laringite

É uma inflamação da laringe, o órgão das vias respiratórias onde se produz a voz, que está localizado entre a faringe (tubo muscular localizado na parte de trás da boca) e a traqueia (conduto respiratório).

Faringite

É uma infecção da garganta ou faringe, parte posterior da boca que leva o alimento para o esôfago. Geralmente os responsáveis são vírus ou bactérias.

Pneumonia

É causada principalmente por bactérias e, em menor extensão, vírus e fungos, os quais se alojam diretamente nos pulmões, infectando-os.

Bronquite

É uma inflamação da mucosa ou revestimento na superfície dos brônquios, os tubos encarregados de transportr o ar para os pulmões (brônquios e bronquíolos). Geralmente é causada por vírus ou bactérias. Essa afecção pode ser semelhante ao resfriado comum, mas também aparece tosse com catarro amarelo.

Broncopneumonia

É uma infecção que causa a inflamação nos pulmões e brônquios. É causada por bactérias.

Bronquiectasia

É uma condição geralmente presente desde o nascimento e na qual as paredes dos brônquios sofrem de infecções repetidas que causam lesões definitivas nestas paredes.

Enfisema

O crescimento e destruição das paredes dos alvéolos pulmonares que, às vezes, ocorre com o aparecimento de bolhas ou bolsas cheias de ar nas quais não se realiza corretamente a troca de gases entre o sangue e alvéolos.

DPOC

Doença pulmonar obstrutiva crônica ou DPOC é uma doença caracterizada por uma redução progressiva e irreversível da função respiratória. Esta doença está associada com o consumo de tabaco. Manifesta-se por falta de ar (dispneia) e tosse persistente leve que pode ou não produzir muco.

Tuberculose

A bactéria Mycobacterium tuberculosis causa uma infecção pulmonar, que muitas vezes pode se manifestar com fraqueza, mal-estar, perda de peso e apetite, febre, suores noturnos, tosse intensa - em ocasiões com sangue - e dor no peito. Embora afete com mais frequência os pulmões, pode se espalhar para outros órgãos, como fígado, baço, intestino, medula espinhal e cérebro.

Câncer de pulmão

O principal fator de risco para desenvolver câncer de pulmão é o tabagismo, mas a doença também está associada com a exposição a outros poluentes ambientais ou substâncias tóxicas (arsênico, berílio, cobalto, selênio, alcatrão, álcool isopropílico, amianto, óleo mineral e materiais radioativos).


Foto: © Liya Graphics - Shutterstock.com
Publicado por Joana.Saude. Última modificação: 14 de outubro de 2017 às 18:02 por Natali_CCM.
Este documento, intitulado 'Causas da pleurisia', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.