Afta: causas e fatores de risco

Julho 2017

A afta é uma afecção benigna, mas que pode provocar grande incômodo ao paciente. Ela é uma lesão ou úlcera não contagiosa de alguns milímetros rodeada de uma zona inflamada. Na maior parte das vezes, as aftas se localizam na mucosa bucal, mas elas também podem ser encontradas nos órgãos genitais.

Causas da afta

As aftas podem surgir por conta de traumatismos como mordidas na mucosa bucal, aparição de feridas na região e por rejeição do organismo a uma prótese dentária. Além disso, certos alimentos podem desencadear uma reação alérgica que provoque aftas. Os mais comuns são nozes, queijos de casca dura, crustáceos e frutas.

Fatores de risco da afta

Fatores hereditários e o estresse aumentam os riscos de aparição de aftas. Ex-fumantes também possuem maiores chances de desenvolver aftas nos meses seguintes à interrupção do hábito de fumar. Além disso, mulheres têm maior propensão para sofrer de aftas, principalmente durante o período menstrual e na gravidez.

Foto: © Antonio Guillem - Shutterstock.com.

Veja também

Publicado por Pedro.CCM. Última modificação: 11 de julho de 2017 às 16:24 por Natali_CCM.
Este documento, intitulado 'Afta: causas e fatores de risco', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.