Calcule a sua taxa de estresse

Agosto 2017


Em 1967, os psiquiatras estadunidenses Thomas Holmes and Richard Rahe desenvolveram, a partir de dados de mais de 5 mil pacientes, uma escala de estresse para medir o nível de instabilidade emocional dos indivíduos. Ao todo, foram identificadas 43 experiências capazes de alterar o equilíbrio emocional.

Para cada uma delas foi atribuído um valor. o nível de estresse é calculado com o somatório dos pontos. Só devem ser levadas em consideração experiências vividas nos últimos dois anos.

Atenção! A escala de estresse de Holmes e Rahe não é, como qualquer outro escore desta natureza, um diagnóstico definitivo nem se aplica a todas as pessoas de igual maneira. A escala é só uma forma de orientar pacientes, psicólogos e profissionais de saúde para os riscos provocados pelo desequilíbrio emocional. Para constatar uma doença de fundo emocional é necessário consultar um médico capacitado.

Valores de cada experiência estressante

100 pontos: morte do cônjuge;

73 pontos: divórcio;

63 pontos: fim de relacionamento, prisão e morte de um parente próximo;

53 pontos: doença ou lesão corporal grave;

50 pontos: casamento;

47 pontos: demissão;

45 pontos: reconciliação amorosa e aposentadoria;

44 pontos: problema de saúde de parente próximo;

40 pontos: gravidez;

39 pontos: dificuldades sexuais, nascimento de filho e mudança de emprego;

38 pontos: mudança na situação financeira;

37 pontos: morte de um amigo próximo;

36 pontos: mudança de área de trabalho;

35 pontos: discussões constantes com cônjuge;

30 pontos: dívidas;

29 pontos: novas funções no trabalho, filho saindo de casa e brigas com família do cônjuge;

26 pontos: mudanças de emprego do cônjuge e mudanças nos estudos do filho;

25 pontos: mudança das condições de vida;

24 pontos: mudança de hábitos pessoais;

23 pontos: conflitos com o empregador;

20 pontos: mudança de escola/trabalho;

19 pontos: mudança de lazer e mudança de religião;

18 pontos: mudança das atividades sociais;

15 pontos: mudança nos hábitos de sono e descanso;

14 pontos: mudança de alimentação;

13 pontos: férias;

12 pontos: feriados;

11 pontos: multas e outras pequenas infrações legais.

Calculando o nível de estresse

Para calcular o nível de estresse, é necessário somar os pontos obtidos pela confirmação das experiências acima. Caso o resultado total for inferior a 150 pontos, o paciente é considerado sem estresse e dentro do padrão de normalidade da maioria da população.

Se o total ficar entre 150 e 300 pontos, essa pessoa já é considerada estressada e há risco de prejuízo à saúde por conta do desequilíbrio emocional. Estima-se que o risco do indivíduo adoecer por conta do estresse é de 50%.

Já se o total estiver acima dos 300 pontos, os riscos de desenvolvimento de doenças por conta do estado emocional da pessoa alcançam a marca de 80%.

Foto: © pathdoc - Shutterstock.com

Veja também

Publicado por Pedro.CCM. Última modificação: 3 de agosto de 2017 às 11:05 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Calcule a sua taxa de estresse', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.