Alimentos que devem ser evitados por bebês

Agosto 2017

A partir dos seis meses, o sistema digestivo do bebê já está suficientemente maduro para começar a digerir certos alimentos sólidos. Com um ano, o bebê já pode comer praticamente de tudo. No entanto, seu sistema digestivo continuará se desenvolvendo e os dois primeiros anos de vida são cruciais para que a criança tenha um sistema digestivo saudável e que funcione de maneira correta.


Importância do sistema digestivo

O sistema digestivo não serve apenas para digerir alimentos. Pesquisas recentes evidenciam que, na realidade, ele possui um papel muito importante na saúde geral do indivíduo. Sem um sistema digestivo saudável, o bebê não poderá absorver todos os nutrientes que necessita para se desenvolver física e neurologicamente e crescer saudável.

Cerca de 80% do sistema imunológico de um indivíduo se encontra na parede do intestino grosso. Dessa forma, se o sistema digestivo não se encontra em ótimas condições de funcionamento, isso pode afetar o bebê de diversas maneiras, incluindo seu peso ao crescer, condição nutricional, desenvolvimento físico e cognitivo, além de suas emoções.

Alimentos difíceis de digerir

Existem alguns alimentos, no entanto, que são muito difíceis de serem digeridos por bebês. Esses produtos necessitam de muita energia e nutrientes para sua digestão e ainda podem provocar reações alérgicas capazes de afetar as condições das paredes intestinais e, por consequência, a saúde do bebê em geral.

As enzimas do intestino delgado começam a aparecer mais ou menos aos nove meses e alcançam seu nível máximo aos 18 meses. A falta destas enzimas e as dificuldades para digerir corretamente certos tipos de alimentos pode interferir na absorção de nutrientes e piorar as condições de saúde do bebê.

Alimentos que devem ser evitados

A dieta de um bebê que está começando a consumir alimentos sólidos deve ser baseado em frutas, legumes, verduras, carnes e cereais. O segredo é introduzir os alimentos aos poucos, até que a criança passe a se alimentar como todos os demais moradores da casa. Por outro lado, é preciso evitar o consumo de refrigerantes, frituras, açúcar, café e, ao máximo, produtos processados.

Alimentos que podem causar alergias

Pessoas leigas costumam dizer que leite da vaca, ovos, castanhas, frutos do mar e algumas frutas não devem ser dados ao bebê pelo risco de provocar alergias. Na verdade, a situação é contrária. Desde o início da alimentação sólida, os bebês devem consumir esse tipo de alimentos justamente para reduzir os riscos do desenvolvimento de alergias. O mesmo acontece com o pão e outros alimentos que contêm glúten, que devem ser introduzidos para diminuir o risco de intolerância à substância.

Consumo de sal

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que crianças menores de 7 anos não consumam mais do que 3 gramas diários de sal. Para bebês com menos de um ano, o consumo deve ser suprimido totalmente.

Alimentos processados

Os processos químicos de elaboração e conservação pelos quais passam os alimentos industrializados provocam perda de nutrientes e absorção de condimentos pouco saudáveis. Por isso, sua introdução na dieta de bebês não é recomendada.

Foto: © andreykuzmin - 123RF.com

Veja também

Publicado por Pedro.CCM. Última modificação: 14 de junho de 2017 às 14:37 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Alimentos que devem ser evitados por bebês', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.