Quantas horas de sono são necessárias

Setembro 2017

A qualidade e a duração do sono influenciam a saúde física e psicológica das pessoas. Os distúrbios do sono, quando mantidos por muitos anos, desencadeiam síndromes depressivas muitas vezes negligenciadas por seus portadores, que passam a enxergar na depressão a causa para os problemas de sono e não o contrário.


Horas de sono necessárias

A duração ideal do sono é aquela que permite à pessoa sentir-se descansada e apta para enfrentar as exigências físicas e mentais do dia seguinte sem cansar-se. Portanto, essa duração ideal varia de pessoa para pessoa. Em média, esse tempo fica entre 7 e 8 horas, mas pode variar entre 4 e 10 anos, dependendo do indivíduo e sua idade.

Sono necessário para os bebês

Um bebê, por exemplo, precisa, quando ainda é um recém-nascido, de 18 a 20 horas de sono diárias. Com um ano, essa média cai para 14 a 15 horas e, durante os primeiros anos de vida, vai se reduzindo até alcançar uma necessidade de 10 a 12 horas de descanso por dia.

Sono necessário para os adolescentes

Os adolescentes tendem a necessitar de 9 a 10 horas de sono por dia. Por conta disso, cada vez mais médicos criticam os horários escolares, que podem começar às 7 horas em alguns casos. O rendimento escolar desses jovens tende a cair, pois seus relógios biológicos precisam de um período de descanso maior do que a média dos adultos.

Sono necessário para os adultos e idosos

Durante a fase adulta, uma pessoa costuma precisar de 7 a 8 horas de sono por dia. Já na terceira idade, essa média tende a cair, o que explica o hábito de acordar muito cedo tão comum entre os idosos.

Foto: © Ljupco_Smokovski - Shutterstock.com

Veja também

Publicado por Pedro.CCM. Última modificação: 31 de agosto de 2017 às 11:55 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Quantas horas de sono são necessárias', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.