Resultados do exame de Papanicolau

Novembro 2017

O exame preventivo ginecológico, também conhecido como Papanicolau ou citologia cervical, é utilizado para detectar casos de câncer do colo do útero.


Resultados do Papanicolau

Os resultados são divididos em classes de acordo com o grau de normalidade das células analisadas. Embora na maioria dos casos o exame de Papanicolau produza um resultado normal, 10% deles traz dados anormais.

Classe I – Normalidade

O resultado é negativo. As células estão completamente normais.

Classe II - Células modificadas

O resultado é negativo. Isto significa que as células que apresentam modificação citoplasmática ou nuclear não possuem suspeita de malignidade, embora não sejam completamente normais. Estas alterações são benignas e podem aparecer como resultado de inflamação, infecção viral ou devido à regeneração ou processos metaplásicos, infecção leve pelo HPV e anormalidade de grau leve.

Classe III - Células suspeitas

O resultado é limítrofe com amostra duvidosa ou suspeita. Significa que há leve suspeita de malignidade. A ocorrência de atipias epiteliais pré-malignas (displasia leve ou moderada) geralmente é enquadrada na classe III, ou seja, os resultados detectaram células suspeitas que possuem algumas - mas não todas - características pertencentes a células cancerígenas.

Classe IV - Células malignas

O resultado é positivo. Significa que a amostra contém células com alta suspeita de malignidade, displasia grave ou carcinoma. Isto significa que as células têm características francamente malignas.

Classe V - Células malignas

O resultado é positivo como na classificação acima, mas com um maior número de células atípicas. Isto significa que existe uma alta probabilidade de a mulher estar com câncer cervical.

Foto: © Tefi - Shutterstock.com
Publicado por Joana.Saude. Última modificação: 3 de março de 2017 às 16:34 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Resultados do exame de Papanicolau', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.