Dieta para aumentar a chance de gravidez

Agosto 2017

Estudo realizado em 2007 com 17 mil mulheres revelou que um regime alimentar particular, associado ao controle de peso e à prática regular de atividades físicas, torna mais fácil a gestação. Essa dieta é capaz de aumentar as chances de mulheres ficarem grávidas ao reduzir a ocorrência de distúrbios ovulatórios, causa de um terço das notificações de infertilidade feminina.

Dieta a ser seguida

De acordo com o estudo realizado por uma equipe de pesquisadores da Escola de Saúde Pública da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, a melhora da fertilidade da mulher se dá através do consumo de alimentos ricos em fibras (pães, arroz, frutas, legumes), aumento do consumo de proteínas vegetais (ervilha, lentilha, soja, amêndoa) e de laticínios. Também é recomendado comer alimentos ricos em ferro (sardinha, atum, salmão) e aqueles com alta concentração de vitaminas C (frutas cítricas) e B9 (espinafre, oleaginosas).

Por outro lado, a dieta deve reduzir o consumo de proteínas animais (carnes e ovos), gorduras trans (presente especialmente em produtos industrializados) e alimentos açucarados (doces, balas, refrigerantes). Em linhas gerais, o objetivo é ter uma alimentação mais natural em detrimento de produtos processados.

Foto: © Christine Langer-Pueschel - Shutterstock.com

Veja também

Publicado por Pedro.CCM. Última modificação: 13 de junho de 2017 às 09:25 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Dieta para aumentar a chance de gravidez', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.