Tratamentos alternativos para fibromialgia

Dezembro 2017

A fibromialgia é uma patologia complexa que se caracteriza pela aparição de dores musculares crônicas e difusas, assim como sensação de cansaço e distúrbios do sono. Um portador de fibromialgia deve buscar auxílio multidisciplinar com o objetivo de complementar ou, em alguns casos, substituir tratamentos medicamentosos para melhorar a dor, o sono e as capacidades funcionais do paciente.


Reeducação corporal

A reeducação corporal representa ajuda considerável para as pessoas afetadas pela fibromialgia. Ela permite evitar a intolerância ao esforço e combate a inatividade do paciente, que pode sofrer adaptações e restrições severas em sua rotina devido à diminuição do volume muscular, enfraquecimento dos tendões e da atividade cardiorrespiratória.

Uma readaptação moderada e progressiva, que varia de paciente para paciente, deve ser realizada o mais rápido possível. A prática de alongamentos, sessões de hidroterapia e ginástica, prática de natação em piscina aquecida, assim como exercícios de fortalecimento muscular, podem garantir uma ajuda importante no enfrentamento da fibromialgia.

Relaxamento muscular

O relaxamento muscular atua sobre as dores, os distúrbios do sono e também reduz os níveis de estresse do paciente com fibromialgia. A prática de yoga e outras técnicas garante o relaxamento muscular, bem como tem efeitos sobre o estado de espírito ao atuar sobre a respiração do paciente. Essas técnicas trazem consciência sobre o corpo, equilíbrio físico e mental e melhor controle da respiração.

Terapia comportamental

As técnicas de terapia cognitivo-comportamental podem melhorar a qualidade do sono e atuar sobre as dores. As sessões de terapia podem se estender por semanas ou meses e cada uma delas pode chegar a durar até 45 minutos.


Essa forma de terapia permite que o paciente reaja melhor diante das dores e auxilia no controle da angústia ou mesmo das crises de pânico provocadas pela emergência das dores musculares. Nas sessões, o paciente será progressivamente exposto às situações que provocam os distúrbios em seu estado mental para que ele consiga enfrentar os problemas decorrentes da doença.

Estimulação magnética transcraniana

A estimulação magnética transcraniana é uma nova técnica que se vale da estimulação repetitiva da região cerebral responsável pelos movimentos. Seu principal objetivo é modular a intensidade das dores e torná-las mais toleráveis e evitar que o paciente recorra aos medicamentos durante as crises.

A estimulação magnética transcraniana corresponde a uma neuroestimulação do córtex cerebral. Uma corrente elétrica muito curta e indolor é emitida através de um aparelho fixado à cabeça do paciente. O tratamento é composto por sessões diárias que se estendem por até 10 dias e seus efeitos podem ser sentidos durante meses.

Foto: © Fotolía.
Publicado por Pedro.CCM. Última modificação: 14 de outubro de 2017 às 19:07 por Natali_CCM.
Este documento, intitulado 'Tratamentos alternativos para fibromialgia', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.