Chlamydias

Novembro 2017


Definição

As Chlamydias são organismos que apresentam características de bactérias, mas também de vírus. Portanto elas são associadas às bactérias e reagrupadas em 3 espécies, responsáveis por diversas infecções: Chlamydia Trachomatis dá origem às doenças sexualmente transmissíveis se manifestando em forma de uretrites, cervicites, salpingites, mas também conjuntivites e algumas nos pulmões especialmente em pessoas imunodeprimidas. A Chlamydia pneumonia é responsável como seu nome indica por infecções respiratórias. A Chlamydia psittaci afeta, sobretudo o reino animal, mas pode ser transmitido ao homem no contato com os pássaros.

Manifestações

em função da localização, os sintomas são de apresentação diferente. No caso de problemas genitais, os sinais são geralmente moderados como escoamentos claros na uretra, de tipo urinário, mas também podem estar ausentes. O risco, no entanto nas mulheres é a ascensão de infecção que pode causar uma infecção da trompa ou salpingite que pode ser responsável na ausência de tratamento de esterilidade. A Chlamydia psittaci é responsável pela ornitose ou psitacose, que se apresenta geralmente como uma pneumonia. Por fim, as manifestações causadas por um problema pulmonar por Chlamydia pneumoniae são uma tábua febril de tosse e expectorações de começo progressivo, com síndrome gripal em forma de dores difusas, musculares, articulares e dores de cabeça.

Diagnóstico

Existem dois métodos para detectar a clamídia na área genito-unirária: a PCR e a cultura celular. A PCR é feita com uma amostra de urina. A cultura celular por sua vez isola a amostra e a identifica. Na infecção pulmonar, uma radiografia torácica é realizada e pode identificar um início de infecção não sistemática em um lobo pulmonar.

Tratamento

o medico julgará qual é o melhor tratamento a ser aplicado em função da natureza da clamídia. Enquanto isso, o tratamento mais eficaz é aquele baseado em antibióticos da família do ciclinos e macrólidos. Em caso de problemas genitais, é também indispensável tratar os parceiros sexuais para evitar todo risco de reincidência ou recaída.

Prevenção

Em relação à clamídia de origem de doenças sexualmente transmissíveis, é necessário adotar um comportamento responsável graças a gestos simples como o uso sistemático de preservativos além de um controle ginecológico regular, mesmo na ausência de sintomas.

Veja também

Publicado por asevere. Última modificação: 16 de dezembro de 2014 às 14:47 por asevere.
Este documento, intitulado 'Chlamydias', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.