Pata-de-vaca: indicações e benefícios

Agosto 2017

Bauhinia forficata é o nome científico da pata-de-vaca, árvore brasileira nativa da Mata Atlântica e muito utilizada no preparo de medicamentos e chás para reduzir a glicemia.


Indicações da pata-de-vaca

A pata-de-vaca é amplamente utilizada como medicamento e tem sido estudada no controle da diabetes por conter propriedades semelhantes às da insulina, que reduz a glicemia. Os extratos da planta possuem, ainda, propriedades antioxidantes, comprovadas por meio de estudos, que atribuem ao flavonoide kaempferitrina, presente nas folhas da planta, todos os seus benefícios, que também se estendem para a redução dos níveis sanguíneos de triglicerídeos e colesterol total. A planta tem sido muito utilizada na fabricação de medicamentos contra a diabetes tipo 2.

Pata-de-vaca emagrece

A pata-de-vaca tem ação diurética, o que combate a retenção de líquido no organismo. No entanto, é incorreto dizer que a planta promova o emagrecimento. Não há nenhum produto capaz de fazer isso sozinho. A pata-de-vaca pode, no máximo, estimular a perda de peso se o paciente adotar uma dieta balanceada e praticar exercícios físicos regularmente.

Como fazer o chá de pata-de-vaca

O chá de pata-de-vaca deve ser feito da seguinte maneira: faça uma decocção com uma ou duas folhas rasgadas limpas da árvore, em duas xícaras de água. Assim que a infusão levantar fervura, desligue o fogo e aguarde amornar. A indicação de consumo é de duas xícaras ao longo do dia.

Chá de pata-de-vaca para infecção urinária

Devido à sua ação diurética, depurativa e analgésica, o chá de pata-de-vaca é utilizado também no combate à infecção urinária, bem como cálculos na bexiga, doenças no fígado, vesícula, estômago e baço. Aqui, vale destacar que esses sintomas também devem ser combatidos com medicamentos específicos, receitados por um médico.

Contraindicações da pata-de-vaca

Embora a pata-de-vaca tenha diversos benefícios no tratamento da diabetes, ela contém determinadas substâncias químicas que podem gerar efeitos adversos no organismo, especialmente se interagirem com outros medicamentos. Pessoas que fazem uso regular de remédios, apresentam doenças crônicas, gestantes e lactantes não devem fazer uso do chá de pata-de-vaca sem prescrição médico.

Efeitos colaterais do chá de pata-de-vaca

O principal efeito colateral do chá de pata-de-vaca é potencializar a ação de medicamentos para a diabetes. Por conta disso, pacientes com a doença devem consultar um médico antes de fazer uso do produto. Além disso, é desaconselhado o consumo excessivo e prolongado deste e outros chás.

© Ricardo de Paula Ferreira - Shutterstock.com

Veja também

Publicado por Natali.Saude. Última modificação: 10 de maio de 2017 às 10:26 por Pedro.Saude.
Este documento, intitulado 'Pata-de-vaca: indicações e benefícios', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.