Sintomas da dengue

Novembro 2017


A dengue é uma doença infecciosa viral transmitida pelo mosquito Aedes aegypti. Característica de países tropicais, a doença tem se intensificado no Brasil nos últimos anos, com maior recorrência de epidemias e aumento no número de casos. Em 2015, o país viveu a pior epidemia de dengue da sua História, com 1,6 milhão de ocorrências, e o total de casos do ano passado deve ser superado ao final de 2016.

Sintomas da dengue

Os sintomas clássicos da dengue são febre alta, dor de cabeça, no corpo e atrás dos olhos que pioram com o movimento e indisposição que costuma obrigar o paciente a permanecer de cama por dois ou três dias. Além disso, é possível haver quadros de perda de apetite, náuseas e vômitos e aparecimento de manchas vermelhas na pele similares ao sarampo, normalmente no tórax e braços.

Sintomas da dengue hemorrágica

A dengue possui quatro subtipos e um deles é a dengue hemorrágica, que pode levar o paciente à morte. Esta forma da doença tem como manifestações, além das habituais da dengue clássica, sangramentos pelo nariz, boca e gengiva, vômitos persistentes, dores abdominais intensas, pulsação rápida e fraca, palidez, dificuldade de respiração, confusão mental e perda de consciência. O quadro pode ser bastante grave e exige consulta a um médico para tratamento ou internação, em casos graves.

Manchas vermelhas

As manchas vermelhas pelo corpo são uma das características da infecção pelo vírus zika, que foi registrada no Brasil pela primeira vez em maio de 2015. No entanto, esse sinal também pode ser indicativo de dengue, principalmente se as erupções cutâneas estiverem concentradas no tórax e braços. De qualquer maneira - e especialmente no caso de mulheres grávidas - é aconselhável ir ao médico se houver aparição das manchas no corpo.

Foto: © Luciano Cosmo - Shutterstock.com
Publicado por Pedro.CCM. Última modificação: 3 de outubro de 2017 às 11:21 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Sintomas da dengue', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.