Psoríase: causas, sintomas e tratamento

Setembro 2017

A psoríase é uma doença crônica de pele que se manifesta por meio da aparição de grandes placas vermelhas e secas pelo corpo. A doença afeta 125 milhões de pessoas em todo o mundo e, apesar de benigna, pode afetar a qualidade de vida do portador. Ela não é contagiosa ou alérgica e pode ocorrer tanto em crianças quanto adultos, independentemente do sexo.


Causas da psoríase

A psoríase provoca proliferação excessiva de células da pele, os queratinócitos. Enquanto uma célula cutânea normalmente leva de 28 a 30 dias para maturar e descamar, na psoríase esse processo pode se resumir a três ou quatro dias. Além de predisposição genética, fatores como o estresse podem estar associados a esse quadro. No entanto, nada de concreto ainda foi provado por cientistas.

Sintomas da psoríase

A psoríase provoca manchas vermelhas arredondadas na pele. Sua superfície é recoberta por uma capa branca grossa. Em geral, as lesões surgem nos cotovelos, joelhos, parte baixa das costas e no couro cabeludo. As áreas descamadas também coçam bastante, causando grande incômodo aos pacientes.

Tratamento da psoríase

Nenhuma pomada, creme ou remédio é capaz de curar a psoríase de forma definitiva. Mas é possível controlar a intensidade das erupções cutâneas, diminuindo a gravidade e extensão pelo corpo. Na maioria dos casos, o tratamento tópico é eficaz no controle dos sintomas.

Cremes para a psoríase

Cremes hidratantes suavizam a pele e diminuem a inflamação. Esses cremes não tratam as lesões, mas aliviam a dor e a sensação de coceira. Além disso, previnem a aparição futura de grandes placas.

Outros cremes bastante utilizado contra a psoríase são os compostos por vitamina D. Eles atenuam as lesões e evitam a acumulação de células na pele, além de permitirem a cicatrização das lesões. Em geral, esses cremes devem ser associados com cremes de cortisona.

Os dermocorticoides (cremes com cortisona) são eficazes e rápidos. Eles devem ser utilizados com estrito acompanhamento médico e são indicados apenas para quem não pode usar cremes de outra natureza. A psoríase pode se agravar imediatamente após a interrupção do tratamento.

Remédios para psoríase

Uma das formas de combater a psoríase é com uso de medicamentos imunossupressores. Tal prescrição é feita somente em caso de insucesso do tratamento com pomadas e cremes. Além disso, é preciso ser cuidadoso com o uso desses remédios por suas muitas contraindicações e efeitos colaterais devido à baixa imunológica que geram. Entre mais usados para a psoríase estão a ciclosporina, que pode causar insuficiência renal, e metotrexato, que exige uso de preservativos em relações sexuais durante os três meses seguintes ao tratamento.

Foto: © Dmitry Lobanov - 123RF.com.

Veja também

Publicado por Pedro.CCM. Última modificação: 4 de agosto de 2017 às 12:49 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Psoríase: causas, sintomas e tratamento', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.