Cirrose

Novembro 2017


Definição

a cirrose é uma doença crônica que afeta o fígado. Ela se caracteriza pela decomposição progressiva do tecido hepático com necrose celular, a aparição de nódulos e modificações da vascularização do fígado. A causa principal da cirrose é o alcoolismo, mas essa patologia pode ser provocada pelas hepatites ou doenças genéticas como a hemocromatose.

Manifestações

Um aumento do volume do fígado chamado de hepatomegalia é variável. Outros sintomas de uma cirrose do fígado são causados por 2 consequência psicológicas da cirrose que são a insuficiência hepatocelular e a hipertensão portal. A insuficiência hepatocelular é caracterizada por uma diminuição das células funcionais do fígado e causam:
  • Fadiga;
  • Sinais cutâneos em forma de angiomas estelares (representados no abdômen por um ponto vermelho do qual partem pequenos vasos como uma estrela), uma vermelhidão da palma das mãos e unhas esbranquiçadas;
  • Uma modificação do hálito (fedor hepático);
  • Ictérica ou amarelidão;
  • Uma feminização no homem, e perda de menstruações nas mulheres;
  • Um risco grave de sangramentos.

A hipertensão portal corresponde a uma elevação da tensão dos vasos do fígado, causando:
  • Um aumento do volume do baço ou esplenomegalia;
  • Uma rede venosa superficial abdominal muito visível;
  • Um inchaço de líquido na cavidade abdominal chamado de ascite.

Sinais podem aparecer secundariamente causando complicações tais como hemorragias digestivas por ruptura de varizes esofágicas principalmente, uma ascite recorrente, uma encefalopatia hepática ou a evolução para um carcinoma hepatocelular.

Diagnóstico

para fazer um diagnostico certeiro, o médico recorre a uma biópsia dos tecidos hepáticos. Essa biópsia serve também para determinar de maneira precisa às causas da cirrose. Um ultrassom abdominal pode também ser realizado de maneira sistemática. Ela permite controlar o volume do fígado e detectar complicações como um eventual câncer. O exame biológico é também uma solução permitindo observar os marcadores das funções do fígado. Uma fibroscopia esofágica é igualmente realizada para procurar as varizes esofágicas.

Tratamento

Não existe nos dias de hoje, nenhum tratamento para curar a cirrose. As únicas medidas tomadas são em relação às causas da doença. Trata-se portando de um corte das bebidas alcoólicas, nos casos de alcoolismo. É importante tratar o paciente o mais rápido possível para evitar toda complicação. O tratamento é preventivo de complicações utilizando betabloqueadores ou a ligadura para as varizes, uma vacina contra as hepatites A e B, e um suplemento de vitamina B.

Prevenção

a prevenção da cirrose se baseia essencialmente sobre a prevenção das causas da doença. Para isso, é necessário ter um consumo de álcool moderado, toma medidas de prevenção contra as hepatites e ficar em dia em termos de vacinação.

Veja também

Publicado por asevere. Última modificação: 16 de dezembro de 2014 às 14:48 por asevere.
Este documento, intitulado 'Cirrose', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.