Remédios para combater infecção urinária

Dezembro 2017

Os remédios mais indicados para o tratamento da infecção urinária são antibióticos, que podem ser tomados em dose única ou em períodos de três a sete dias, segundo a orientação médica.


Remédios para infecção urinária

Os remédios mais recomendados para tratar infecção urinária são amoxicilina ou cefalexina. Norfloxacino, nitrofurantoína, levofloxacino e ceftriaxona também são receitados. Há, ainda, a uro-vaxom, vacina em forma de comprimidos que ajuda a prevenir as infecções urinárias.

Tratamento para infecção urinária

Além dos remédios, que devem ser prescritos por um especialista, durante o tratamento para infecção urinária recomenda-se não tomar nenhum outro medicamento sem o conhecimento do médico e beber cerca de 1,5 a 2 litros de água por dia para que a urina fique menos concentrada, facilitando o combate à bactéria causadora.

Remédio para infecção urinária na gestação

Os remédios para infecção urinária na gravidez que podem ser prescritos pelo obstetra e não prejudicam o bebê são antibióticos como a cefalexina, ampicilina, amoxicilina ou ceftriaxone. Deve-se tomar cuidado nesse momento da mulher, pois alguns medicamentos podem passar pela placenta e prejudicar o bebê.

Remédio para combater a infecção urinária infantil

Os remédios para infecção urinária infantil são antibióticos como a amoxicilina ou a cefalexina, prescritos pelo pediatra em forma de xaropes, durante cerca de sete a dez dias.

Medicamento caseiro para infecção urinária

O suco de arando, ingerido várias vezes ao dia, ajuda a combater a infecção urinária. Com propriedades diuréticas, esse suco ajuda na cura da infecção.

Foto: © Vladimir Gjorgiev - Shutterstock.com
Publicado por Natali_CCM. Última modificação: 13 de novembro de 2017 às 15:12 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Remédios para combater infecção urinária', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.