Viagens de carro sem sono e dor nas costas

Agosto 2017

Longas viagens de carro podem causar alguns problemas tanto para os passageiros quanto, principalmente, para os motoristas. Veja algumas recomendações para evitar, entre outros males, a sonolência ao volante e problemas de coluna.


Antes de partir

Antes de realizar um longo trajeto de carro, é aconselhável efetuar uma preparação adequada para que não haja eventos estressantes pouco antes da saída ou durante a viagem. Para isso, defina o itinerário com antecedência, verifique o estado do carro e não se preocupe com a necessidade de um horário de chegada no destino.

Também é necessária uma atenção particular a medicamentos que possam estar sendo tomados pelo motorista. Alguns deles causam sono e reduzem o estado de vigilância. Leia a bula e procure um médico caso esteja fazendo algum tratamento.

Alimentação e hidratação

Em caso de trajetos longos de carro durante o calor do verão, é importante estar sempre hidratado. Por isso, leve pelo menos duas garrafas de água no carro. Também é possível fazer uso de isotônicos ou outras bebidas não-alcoólicas refrescantes. É preferível parar para fazer as refeições e evitar comidas pesadas ou grandes quantidades, pois a digestão mais demorada aumentará os riscos de sonolência.

Fadiga e sonolência

Para evitar a fadiga ao volante, é recomendável partir pela manhã após uma boa noite de sono. Os riscos de sonolência são maiores entre as 2h e 5h e após a jornada de trabalho. O mais importante é parar o carro ao primeiro sinal de cansaço e realizar uma pausa de até uma hora ou mesmo encontrar um local para passar a noite em situações mais importantes. Após almoço ou jantar, uma sesta de 20 minutos é suficiente para garantir que o momento mais grave da digestão não será passado ao volante. Faça pequenas paradas a cada duas ou três horas.

Dor nas costas

As costas e a lombar são particularmente solicitadas em viagens de carro, principalmente no caso do motorista. Contra isso, adote uma posição confortável e ajuste o banco de modo que os braços fiquem em uma boa posição para segurar o volante. Pausas regulares são importantes para que esticar as pernas e realizar pequenas caminhadas.

Conselhos para grávidas

Mulheres grávidas podem pegar a estrada sem problemas contanto que disponham de conforto e espaço. O cinto de segurança deve ser colocado logo abaixo da barriga e as pausas são ainda mais necessárias para que a mulher não permaneça longos períodos com as pernas imóveis e dobradas. Em geral, recomenda-se paradas a cada duas ou três horas para que a gestante se movimente um pouco e estique as pernas.

Foto: © Adisa - Shutterstock.com

Veja também

Publicado por Pedro.CCM. Última modificação: 12 de junho de 2017 às 13:21 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Viagens de carro sem sono e dor nas costas', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.