Coma

Novembro 2017


Definição

o coma é um transtorno clínico que vai causar uma diminuição mais ou menos prolongada da vida de relação (vigilância e consciência do sujeito, sensibilidade e motricidade) enquanto as funções respiratórias e circulatórias são geralmente conservadas, a não ser nos casos mais profundos. Existem diferentes graus de coma, que avaliamos graças a uma escada específica (escada de Glasgow).
Um coma artificial é um coma provocado medicamente pela administração de tratamentos sedativos. Ele é igualmente designado sob o termo de sedação.

Manifestações

Como para os casos de coma, a avaliação do coma artificial é baseado sobre a escala de Glasgow. Três critérios são determinantes:
  • A abertura dos olhos
  • A resposta verbal
  • A resposta no plano motor

Esses critérios vão permitir determinar o estágio do coma apresentado pelo paciente, como mais ou menos profundo de acordo com o grau.
A escala de Glasgow é cotada de 3 a 15. Sabendo que um grau de 3 significa ausência total de respostas sobre os 3 critérios avaliados, um grau de 15 significa resposta normal, espontânea e voluntária sobre os três planos observados.

Diagnóstico

é o médico que decide o diagnóstico ou a sua sustentação terapêutica após um coma de surgimento espontâneo e pode evitar um retorno ao estado de consciência muito precoce.
Esse estado permite intubar o paciente com o objetivo de manter uma ventilação mecânica. A ventilação permite manter uma assistência respiratória: a máquina substitui os pulmões.
O coma pode igualmente ser instaurado com um objetivo anestésico (no poli traumatizado, um paciente apresentando traumatismos múltiplos, tais como fraturas, lesões de tecidos ou orgânicas, por exemplo), para diminuir as sensações dolorosas durante a fase de tratamento.

Tratamento

uma pessoa será mantida em coma artificial, em um serviço especializado (serviço de reanimação). O coma será instalado sob prescrição médica unicamente. Ele será provocado e mantido em seguida à injeção por via intravenosa de tratamentos específicos: hipnóticos ou sedativos.

Veja também

Publicado por asevere. Última modificação: 16 de dezembro de 2014 às 14:48 por asevere.
Este documento, intitulado 'Coma', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.