Ejaculação retardada: o que fazer

Novembro 2017

O atraso na ejaculação reflete uma dificuldade de evacuação do esperma durante a fase de excitação sexual. A situação é bastante incômoda para o homem e gera abalos psicológicos. A ejaculação retardada pode ser uma condição permanente ou transitória e ocorrer em todas as relações sexuais ou em ocasiões específicas. O problema é menos frequente que a ejaculação precoce. Estima-se que cerca de 5% dos homens já tenham encontrado dificuldades para ejacular e que apenas 3% sofra com o problema de maneira crônica, ou seja, por mais de seis meses.


Tempo médio para ejaculação masculina

Falamos de ejaculação retardada quando o orgasmo demora muito para ocorrer. Nestes casos, o homem se cansa e a relação sexual se torna muito longa, podendo inclusive provocar dores tanto no homem quanto na mulher pela perda da lubrificação natural. Não existe um tempo exato para demarcar a ocorrência do problema, mas a penetração por mais de 20 minutos já pode ser considerada caso de ejaculação retardada. Na maioria dos casos, o problema não ocorre quando o homem se masturba, apenas durante o sexo.

Causas da falta de ejaculação masculina

Os casos de ejaculação retardada podem apresentar origens físicas e psicológicas ou que misturem as duas causas.

Causas físicas

A principal causa física da falta de ejaculação masculina é a obstrução dos canais que levam o esperma. Isso pode ser devido a infecções, medicamentos ou lesões. Outras causas físicas possíveis são diabetes, malformações, contato com substâncias tóxicas e problemas hormonais associados à idade.

Causas psicológicas

O temor consciente ou inconsciente de ejacular (medo de engravidar a parceira, desconfiança do uso de contraceptivos, temor de contrair uma DST) pode fazer o homem apresentar dificuldades para ejacular. Além disso, a situação pode estar associada a problemas na relação conjugal ou problemas de ansiedade e estresse do homem.

O que acontece quando o homem não ejacula

Ainda que o atraso na ejaculação possa parecer, em um primeiro momento, algo benéfico ao casal, pois prolonga a relação e permite que a mulher alcance o orgasmo, as relações sexuais em que a ejaculação masculina demora muito para ocorrer tornam-se frustrantes, pois a mulher passa a sofrer com baixa autoestima achando que o parceiro perdeu a atração por ela e o homem sente que a relação está incompleta. Nesse sentido, com o tempo, o sexo pode trazer muitos pensamentos negativos e reduzir o desejo entre os dois.

Tratamento da ejaculação retrógrada

O tratamento da ejaculação retrógrada passa pela determinação da causa do problema. Se a questão for física - uma obstrução, por exemplo - deve-se atuar para tratar a situação, muitas vezes por meio de cirurgia. Já se a causa for psicológica, deve-se procurar um psicólogo ou sexólogo para orientação do homem e, em alguns casos, também da parceira.

Exercícios contra ejaculação retardada

A prática regular de atividade física auxilia o homem a evitar a ejaculação retardada. Além disso, deve-se adotar uma dieta saudável, principalmente em casos de sedentarismo e sobrepeso. Deixar de fumar também é essencial entre os tabagistas. Por fim, não abuse da masturbação e de técnicas como o coito interrompido.

Foto: © Hugo Felix - Shutterstock.com

Veja também

Publicado por Pedro.CCM. Última modificação: 13 de março de 2017 às 11:12 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Ejaculação retardada: o que fazer', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.