Tripofobia: diagnóstico e cura

Setembro 2017



A tripofobia é o nome dado a uma fobia mais comum do que se imagina de padrões irregulares ou buracos. Essa condição traz problemas para os pacientes afetados por elas mesmo quando eles são confrontados com imagens digitais ou impressas de figuras com muitos buracos e/ou irregulares.

Diagnóstico da tripofobia

O diagnóstico desse mal é feito por análise psicológica ou psiquiátrica, que identificam o medo patológico ou aversão a objetos com padrões irregulares de furos como colmeias, formigueiros e sementes de lótus.

Origem da tripofobia

Embora não exista confirmação científica, acredita-se que a tripofobia seja derivada de ancestrais, já que imagens de buracos se assemelham a vermes que podem penetrar no corpo da pessoa.

Tripofobia tem cura

Esse tipo de fobia faz parte dos transtornos de ansiedade com a característica especial de só se manifestar em situações particulares. Por isso, o tratamento mais indicado é a psicoterapia, que, aos poucos, livra o paciente desses medos.

Foto: © pathdoc - Shutterstock.com

Veja também

Publicado por Natali_CCM. Última modificação: 31 de agosto de 2017 às 13:29 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Tripofobia: diagnóstico e cura', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.