Furunculose: causas, sintomas e tratamento

Novembro 2017

A furunculose é o nome dado à repetição de casos de furúnculo. Isso se deve à incapacidade do organismo em evitar a infecção dos folículos, situação que gera o desenvolvimento de furúnculos.


Causas da furunculose

O surgimento de furúnculos está ligado a uma infecção dos folículos pilosos e glândulas sebáceas por parte da bactéria Staphylococcus aureus. Por sua vez, a furunculose, caracterizada pela repetição da ocorrência de furúnculos, se dá pela dificuldade do sistema imunológico em combater e evitar a infecção fazendo com que as reações se multipliquem. Tal redução da eficácia das defesas imunológicas pode estar associada a doenças como câncer e infecção pelo vírus HIV, uso de drogas, obesidade, higiene insuficiente e uso de medicamentos como corticoides.

Sintomas da furunculose

O sintoma da furunculose é a repetição de casos de furúnculos. Em geral, eles surgem no pescoço, rosto e nádegas. Os fúrunculos se estendem por uma área grande, provocam dores que podem ser intensas e costumam ser elevados.

Antibiótico para furunculose

Por ser uma infecção bacteriana, o tratamento da furunculose - assim como dos furúnculos - é feito com uso de pomadas ou medicamentos antibióticos. No entanto, também é essencial combater a causa da redução das defesas imunológicas para que o problema não reapareça.

Tratamento caseiro da furunculose

O uso de compressa de água quente é o principal tratamento caseiro para a furunculose. Ela alivia as dores causadas pelos furúnculos e estimula a saída do pus presente em cada uma das inflamações. Como todo tratamento caseiro, as compressas servem como complemento ao tratamento convencional, não podendo substitui-lo.

Foto: © Mariyana M - Shutterstock.com
Publicado por Pedro.CCM. Última modificação: 26 de abril de 2017 às 15:49 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Furunculose: causas, sintomas e tratamento', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.