Endermologia: tratamento da celulite

Setembro 2017

A endermologia é uma técnica estética utilizada para o tratamento e prevenção da celulite. A endermologia foi criada na França e há cerca de 15 anos é empregada em clínicas de estética no Brasil. O procedimento também recebe o nome de endermoterapia e vacuoterapia.


Endermologia e vácuo

A endermologia é uma técnica que utiliza o vácuo para combater as celulites. Com uma ventosa, a esteticista provoca o vácuo na pele da mulher e realiza uma massagem profunda na região afetada. O procedimento pode ser feito nas pernas, abdômen e glúteos.

Benefícios da endermologia

A combinação do vácuo com a massagem linfática profunda em um procedimento de endermologia leva à eliminação de toxinas acumuladas no corpo e estimula o fluxo de sangue e o funcionamento do sistema linfático. Além disso, a técnica elimina nódulos formadores da celulite e reduz a retenção de líquidos no corpo.

Resultados da endermologia

O principal objetivo da endermologia é o tratamento e prevenção da celulite. A técnica também atua sobre gorduras localizadas e deixa a pele mais macia e brilhante.

Endermologia funciona

Assim como outros tratamentos estéticos, a endermologia começa a apresentar resultados satisfatórios após cerca de 10 sessões, que devem ser realizadas duas vezes por semana. Além disso, deve-se combinar o tratamento com alimentação balanceada e prática de exercícios físicos.

Contraindicações da endermologia

Pacientes com diabetes, trombose e outros problemas circulatórios, doenças renais ou hepáticas não devem realizar esse procedimento. Também há contraindicação para grávidas.

Preço da endermologia

Uma sessão de endermologia em clínicas especializadas não custa menos de R$ 120. O preço, no entanto, varia de acordo com a região do corpo escolhida para realizar o procedimento.

Foto: © Artem Furman - 123RF.com

Veja também

Publicado por Pedro.CCM. Última modificação: 31 de agosto de 2017 às 13:21 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Endermologia: tratamento da celulite', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.