Lombriga: contaminação e tratamento

Novembro 2017

A lombriga é o nome popular do verme Ascaris lumbricoides, causador da ascaridíase. Essa doença intestinal é marcada por náuseas, vômitos, diarreia, perda de apetite, febre e fortes dores abdominais. As complicações da lombriga são bastante raras e afetam normalmente pessoas com alimentação deficiente.


Como ocorre a contaminação pelo verme

A contaminação pela lombriga se dá por meio da ingestão de água e alimentos contaminados com os ovos desse verme. Por conta disso, a ascaridíase normalmente afeta pessoas vivendo em condições de baixo saneamento básico.

Tratamento da ascaridíase

O tratamento da ascaridíase é feito com base no uso de medicamentos antiparasitários como o mebendazol. Pelo fato de os vermes migrarem do fígado e pulmões para o intestino, o tratamento deve ser repetido alguns dias após o primeiro uso do remédio para garantir que vermes recém-migrados sejam combatidos. Os medicamentos só agem sobre o intestino. Além disso, é importante observar o restante da família do indivíduo afetado por possíveis contaminações de outros membros.

Prevenção da ascaridíase

A prevenção da ascaridíase, em nível familiar, se baseia na fervura de água antes do consumo e boa higiene dos alimentos, bem como das mãos dos indivíduos antes e depois das refeições, principalmente entre as crianças. Já em nível global, ações de saneamento básico, tais como coleta regular de lixo, canalização de esgoto e tratamento de água, são essenciais e se apresentam como as medidas preventivas mais eficazes e de maior alcance.

Foto: © Kateryna Kon - Shutterstock.com
Publicado por Pedro.CCM. Última modificação: 21 de setembro de 2017 às 11:15 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Lombriga: contaminação e tratamento', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.