Pneumotórax: sintomas e tratamento

Setembro 2017

O pneumotórax é um colapso da pleura pulmonar de gravidade média. Pode surgir de forma espontânea, principalmente em homens jovens (a frequência desse tipo de pneumotórax é estimada em um ou dois casos a cada 10.000), mas geralmente tem como causas traumas ou efeitos secundários de doenças pulmonares.


O que é pneumotórax

O pneumotórax é um problema que atinge a cavidade da pleura, membrana que reveste a parede torácica e a parte exterior dos pulmões. O pneumotórax ocorre quando há entrada de ar ou gás nessa cavidade, gerando o mau funcionamento ou paralisação de um ou ambos pulmões.

Causas do pneumotórax

Há mais de um tipo de pneumotórax: o espontâneo, quando há penetração de ar por conta de uma lesão nos pulmões; o pneumotórax traumático, quando o ar vem do esterno e atravessa a caixa torácica por conta de uma ruptura ou ferida, e o iatrogênico, que pode surgir devido a um procedimento invasivo como uma picada. Ele pode surgir em um pulmão saudável ou ser uma consequência secundária de doenças pulmonares. O primeiro caso atinge pacientes mais jovens, especialmente altos e magros.

Sintomas do pneumotórax

Entre os sintomas do pneumotórax estão dores no peito de forma repentina e violenta e desconforto ao respirar, principalmente na inspiração. Ânsia de vômito, tosse seca e, às vezes, cianose, que é quando a pele assume um tom arroxeado, bem como taquicardia e dificuldade de falar são outros sintomas do pneumotórax.

Diagnóstico do pneumotórax

Em casos de pneumotórax, o médico primeiramente faz um exame físico no paciente, escutando os pulmões. Depois, uma radiografia do tórax confirma o diagnóstico clínico caso haja um colapso dos pulmões.

Tratamento do pneumotórax

Há diversos tratamentos para casos de pneumotórax, mas o objetivo principal é sempre o de extrair o ar da cavidade da pleura. Em casos mais leves, basta apenas um repouso para que o ar seja absorvido. Pode ser, ainda, prescrito um tratamento com remédios analgésicos. Nos casos mais graves, por outro lado, é necessário retirar esse ar com a inserção de uma agulha na cavidade pulmonar. Uma drenagem plêurica também pode ser feita, aspirando o ar ou gás de dentro da cavidade.

Como evitar o pneumotórax

É impossível prevenir o pneumotórax, bem como limitar os riscos de ter novamente esse problema. Parar de fumar, não realizar atividades físicas como a imersão, evitar tocar instrumentos de sopro e voar de avião com cautela podem evitar novos casos de pneumotórax.

Foto: © Minerva studio - Shutterstock.com

Veja também

Publicado por Natali_CCM. Última modificação: 5 de setembro de 2017 às 10:56 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Pneumotórax: sintomas e tratamento', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.