Gaviscon: indicações e efeitos colaterais

Dezembro 2017

Gaviscon® é um medicamento utilizado no tratamento de sintomas de refluxo gastroesfágico e gastrite, bem como sintomas de queimação no estômago e no esôfago.


Para que serve o Gaviscon

Em casos de refluxo gastroesfágico há o retorno de ácidos, que causam queimações na mucosa do esôfago devido à acidez do suco gástrico. O Gaviscon® age como um gel viscoso, que flutua abaixo do conteúdo estomacal e protege a mucosa do esôfago a cada regurgito.

Posologia do Gaviscon

Esse medicamento está disponível em diversos formatos: líquido, comprimido ou pastilhas. A posologia é um saquinho três ou quatro vezes por dia, preferencialmente antes das refeições e de se deitar. Em casos de refluxo ou inflamações sérias no esôfago, as doses podem ser aumentadas. Aconselha-se que o Gaviscon® seja ingerido com um tempo de distância para outros medicamentos (pelo menos duas horas).

Contraindicações do Gaviscon

O Gaviscon® pode ser adquirido sem prescrição médica, mas deve ser evitado em casos de reações alérgicas a um de seus princípios ativos. Seu uso deve ser controlado em casos de dietas pobres em sal - pois o remédio contém sódio - e insuficiência cardíaca.

Efeitos colaterais do Gaviscon

Entre os efeitos colaterais do Gaviscon® estão constipação, aumento do risco de cálculos renais e insuficiência renal. Há ainda algumas reações alérgicas.

Gaviscon na gravidez

Azia é uma das condições mais comuns durante a gravidez. Gaviscon pode ser ingerido por gestantes sem riscos ao bebê. Isso se deve ao fato do princípio ativo do medicamento não entrar na corrente sanguínea da mulher. Apesar disso, qualquer remédio só deve ser tomado por grávidas após consulta ao ginecologista acompanhando a gestação.

Foto: © sirastock - Shutterstock.com
Artigo original publicado por Jeff. Tradução feita por Natali_CCM. Última modificação: 1 de novembro de 2017 às 14:05 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Gaviscon: indicações e efeitos colaterais', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.
Mioma: tipos, sintomas e tratamentos
Nimesulida: usos e efeitos colaterais