Nimesulida: usos e efeitos colaterais

Dezembro 2017

A nimesulida é um medicamento anti-inflamatório não esteroide. Sua ação inibe enzimas que atuam na produção de substâncias que participam do processo inflamatório no corpo. Hoje em dia, no Brasil, a nimesulida é vendida por diversos laboratórios e também em formato genérico.


Para que serve a nimesulida

A nimesulida, por ser um anti-inflamatório e analgésico, é utilizada no combate de diversas formas de dores e algumas condições que provocam dores como osteoartrose, mialgias e dores lombares. Além disso, a nimesulida pode ser indicada para casos de cólica menstrual e também para combater a febre e outros sintomas associados a quadros de gripe.

Nimesulida de quantas em quantas horas

A nimesulida em comprimidos de 100 miligramas deve ser ingerida a cada 12 horas pelo período determinado pelo médico especialista. Há possibilidade também de uso de apenas meio comprimido, sempre de 12 em 12 horas.

Nimesulida em gotas

É possível usar a nimesulida em gotas. A conta nestes casos é feito pelo peso do paciente, utilizando-se uma gota para cada quilo do indivíduo. O produto pode ser diluído em gota ou pingado diretamente dentro da boca.

Contraindicações da nimesulida

A nimesulida está contraindicada para crianças menores de 12 anos, gestantes e lactantes e pacientes com doenças nos rins ou no fígado. Pacientes hipertensos, com insuficiência cardíaca ou portadores de úlceras também não devem utilizar a nimesulida como tratamento de dores e outros problemas.

Efeitos colaterais da nimesulida

A nimesulida pode provocar efeitos colaterais simples como sonolência, dores de cabeça e tonturas ou provocar danos graves, principalmente ao fígado, rins e intestino. Por isso, seu uso deve ser controlado, não se prolongar e sempre exigir uma avaliação médica antes do início.

Foto: © Portogas D Ace - Shutterstock.com
Publicado por Pedro.CCM. Última modificação: 27 de setembro de 2017 às 09:49 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Nimesulida: usos e efeitos colaterais', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.
Gaviscon: indicações e efeitos colaterais
Reflexologia podal: benefícios e restrições