Quanto peso devo ganhar durante a gravidez

Julho 2017

O ganho de peso é uma preocupação da maior parte das mulheres grávidas. Muitas delas, principalmente as mães de primeira viagem, temem não conseguir recuperar o corpo que tinham antes da gestação. Por isso, grávidas costumam ouvir uma série de dicas e receitas de pessoas sem conhecimento técnico indicando práticas que devem ser adotadas durante a gravidez para evitar o ganho de peso excessivo. Essas ações podem ser perigosas e as gestantes devem sempre ouvir seus médicos com relação a este e outros temas.


Peso gestacional do bebê

Toda grávida engorda. O simples fato de carregar um bebê na barriga eleva o peso da mulher. Mas não é apenas a criança que faz uma gestante ganhar peso. Além dos cerca de 3 kg ganhos por conta do feto, uma mulher passa, durante a gestação, por aumento das mamas, do volume de sangue, da retenção de líquidos, do útero e da gordura acumulada. Por fim, a placenta e o líquido amniótico correspondem por ganho entre 2 kg e 2,5 kg.

Até quantos quilos posso engordar na gravidez

Há algumas décadas, recomendava-se que a mulher não devia ganhar mais do que 11 kg durante a gravidez. Atualmente, porém, já se sabe que este ganho deve estar relacionado ao peso da mulher antes da gestação. Desta forma, mulheres com índice de massa corporal (IMC) menor podem - e devem - ganhar mais peso do que mulheres com sobrepeso ou obesas.

As recomendações atuais são as seguintes: mulheres com baixo peso (IMC abaixo de 18,5) devem ganhar entre 12,5 kg e 18 kg; mulheres com peso normal (IMC entre 18,5 e 24,9) devem ganhar de 11,5 kg a 16 kg; mulheres com sobrepeso (IMC entre 25 e 29,9) devem ganhar de 7 kg a 11,5 kg; e mulheres com obesidade (IMC acima de 30) devem ganhar apenas de 5 kg a 9 kg.

Ganho de peso na gravidez por trimestre

A maior parte do ganho de peso de uma grávida ocorre nos segundo e terceiro trimestres de gestação já que nos meses iniciais a grávida sofre com enjoos e vômitos e, principalmente no primeiro mês, às vezes ainda não descobriu a gravidez. As indicações para ganho de peso por trimestre também estão associadas ao peso inicial da mulher.

Assim, mulheres com baixo peso devem ganhar até 2,3 kg no primeiro trimestre e mais 500 gramas por semana nos outros dois trimestres; mulheres com peso normal ganham 1,6 kg no primeiro e 400 g/semana nos restantes; mulheres com sobrepeso ganham 0,9 kg no primeiro e 300 g/semana nos restantes; e mulheres com obesidade não necessitam ganhar peso no primeiro trimestre e devem ganhar 200 g/semana no trimestres seguintes.

Não engordar na gravidez é normal

Não, a mulher precisa ganhar peso durante a gravidez. Como visto, esse ganho deve ser ajustado ao peso inicial da gestante. Porém, um aumento insuficiente do peso pode trazer riscos ao bebê, principalmente de parto prematuro e nascimento com peso abaixo do ideal, com necessidade de período maior de internação em alguns casos.

Riscos do ganho excessivo de peso na gravidez

Ganhar muito peso na gravidez, no entanto, também tem seus riscos e eles são maiores do que o ganho insuficiente. Mulheres que ganham muito peso durante a gestação têm maior risco de precisar de uma cesariana e parto pós-termo. Além disso, mulheres que ganham peso excessivo (acima do recomendado para seu IMC) vão enfrentar maiores dificuldades para retomar o peso inicial e têm risco maior de terem sobrepeso ou obesidade após o nascimento do bebê.

Riscos da gestação de mulheres obesas

Mulheres obesas apresentam maiores riscos de complicações como pré-eclâmpsia, diabetes gestacional, além de parto e hospitalização prolongados. Mulheres com obesidade também encontram maiores dificuldades para engravidar por conta da maior prevalência da síndrome dos ovários policísticos.

Foto: © Konstantin Christian - Shutterstock.com

Veja também

Publicado por Pedro.CCM. Última modificação: 13 de junho de 2017 às 09:36 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Quanto peso devo ganhar durante a gravidez', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.